PREMIÈRE: Em nova fase, Selva lança “Amanhecer”

Pe Lu fala sobre o primeiro lançamento do duo pela Universal Music
* Por Pollyanna Assumpção
** Edição e revisão: Flávio Lerner

O SELVA está chegando com tudo em uma nova fase do projeto. A dupla, formada por Pe Lu e Brian Cohen, vem já há um tempinho se apresentando em um formato live, tocando violão, guitarra, percussão e sintetizadores, além de mandarem também nos vocais.

Agora, para coroar de vez a evolução do projeto, assinaram com a Universal Music Brasil. “Amanhecer”, o primeiro single dessa nova era, chega nesta sexta-feira, 24, mas você confere com exclusividade aqui na Phouse a música e o videoclipe. Dirigido por Filipe Nevares, o vídeo intercala uma performance do “novo” SELVA com cenas de um casal apaixonado.

Assista em primeira mão abaixo, e confira o papo rápido que batemos com o Pe Lu.

Como começou o namoro do SELVA com a Universal Music? Normalmente, DJs fogem do compromisso com gravadoras…

A gente sempre acreditou que o SELVA foi feito para fugir um pouco das barreiras impostas por uma denominação ou um estilo musical. Nos apresentamos como DJs, temos um profundo respeito e carinho pela música eletrônica, mas somos criadores de música, artistas, e queremos muito que nosso som chegue no maior número de pessoas. Então, nada mais certo do que contar com a força e a expertise de uma gravadora como a Universal.

O que podemos esperar da nova fase do projeto?

Estamos muito animados com esse novo momento, e acredito que vai ser um grande passo pra nossa carreira. Temos umas 20 músicas prontas para serem lançadas, muitas parcerias legais, e tenho certeza que juntar isso com a força da Universal vai “dar boa”, como dizem por ai!

Vocês podem esperar a gente cantando muito mais, featurings inesperados e muita, muita música.

Vocês podem nos adiantar algo sobre esses próximos lançamentos?

Temos muita música pra sair. Provavelmente a próxima vai ser uma parceria nossa com o Doozie, bem pista, e na sequência o som que estamos terminando com o Di Ferrero. Tô falando, vem coisa boa por aí!

Como foi a criação do vídeo de “Amanhecer”?

Ter feito o clipe com o Filipe Nevares foi muito tranquilo e orgânico. Como trabalhamos juntos por dois anos na estrada — ele foi nosso fotógrafo —, as ideias encaixaram muito rápido. Queríamos um clipe visualmente bonito e que mostrasse esse nosso lado de músicos, exatamente como fazemos ao vivo com guitarra, violão e voz, e o resultado ficou exatamente como imaginamos. Vai ser legal pra quem não conhece o SELVA e também pra quem já conhece mas nunca teve a chance de nos ver ao vivo.

E o público vem recebendo como esse novo formato de show?

No geral, a reação e os feedbacks são muitos bons. As pessoas sempre se espantam quando veem na cabine do DJ um maluco tocando guitarra, outro tocando bateria, cantando, mas essa é exatamente a ideia: fazer diferente, chocar e fazer de cada festa uma noite ou dia inesquecível pra quem está vendo.

* Pollyanna Assumpção é colaboradora eventual da Phouse.

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.
ADVERTISEMENT