LIFE = CRAZY
Phouse Staff

Phouse Staff

Martin Garrix ganha processo contra Spinnin’ Records e Music All Stars

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Lembram-se daquela treta entre o Martin Garrix e a Spinnin’ Records? Pois bem: o caso durou dois anos, e a justiça holandesa enfim decidiu em favor de Garrix. Cabe, porém, recurso aos acusados para recorrer da sentença.

A ação judicial foi aberta pelo DJ em 2015. Ele pedia 3,7 milhões de euros da Spinnin’ e 650 mil euros da Music All Stars, alegando que Eelko van Kooten, diretor executivo das duas empresas, o pressionara para assinar o contrato com ambas. O advogado de acusação, Oktay Düzgün, afirmou haver um conflito de interesses, do qual van Kooten tirou proveito. A defesa, por sua vez, alegava que a quebra de contrato do artista gerou prejuízos em torno de 6,4 milhões de euros em receita. Não colou: o músico ganhou o processo em primeira instância.

A condenação também inclui a devolução dos direitos autorais de faixas como “Animals”, além de outros direitos acessórios sobre os chamados fonogramas, e acontece logo após a saída de Eelko van Kooten da companhia após vendê-la para a Warner Music. O empresário diz ainda ter interesse no caso, e participará da decisão de apelar ou não da sentença, o que ainda está sendo avaliado.

+ Warner compra Spinnin’ Records em acordo multimilionário

Atualmente, artistas como Tiësto e Don Diablo são assinados pelas duas empresas, da mesma forma que ocorria com Garrix. Caso a decisão seja mantida, abre-se um precedente perigoso que pode impactar as finanças dessas duas grandes companhias. Sobre o caso, Martin Garrix comentou: “Eu estou feliz com esse desfecho, não só por mim, mas por todos os DJs/produtores por aí, já que esse caso é também sobre todos nós artistas”.

LEIA TAMBÉM:

Com muita pizza, Martin Garrix lança a música que fechou o Tomorrowland

Martin Garrix e Troye Sivan lançam EP com remix de Vintage Culture

Fãs de Martin Garrix organizam lista de suas músicas não lançadas

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer ganhar 23 mil reais para montar o estúdio dos seus sonhos?

Se você é DJ e produtor musical não perca essa oportunidade.
Inscreva-se gratuitamente no Burn Residency 2019.