EDC Palcos

Produção do EDC se pronuncia sobre morte de frequentador

O último EDC Las Vegas aconteceu nesse final de semana, e teve seu brilho ofuscado por diversos problemas — sobretudo a morte de Michael Morse, de 34 anos.

+ Homem morre no EDC com temperatura corporal elevada

A Insomniac Events, enfim, lançou uma nota referente ao caso:

“A morte inesperada de um pessoa amada é trágica, e enquanto a exata causa desta tragédia ainda é desconhecida, sabemos que a família e os amigos estão de luto. É com grande tristeza que enviamos nossos sentimentos e condolências aos entes queridos do homem que faleceu após o fim do festival.

Nosso plano de saúde e segurança é criado ao longo de vários meses com agências locais. Nossa equipe médica itinerante está disponível 24 horas por dia, sem custos, com os melhores médicos, enfermeiros, técnicos e paramédicos de emergência do país. Uma equipe de segurança completa e a polícia também estão disponíveis para todos os espectadores. Incentivamos todos a abordarem nossa querida equipe para pedir ajuda se necessário”.

Sobre o caso com o DJ Khaled — que alegou ter sido sabotado pela produção —, Pasquale Rotella, CEO e fundador da Insomniac, comunicou à Billboard ter sido um problema técnico fora do controle da produção.

Ele afirma que o “DJ Khaled chegou em tempo e pronto para agitar o público, mas problemas com o equipamento adiaram a apresentação. Mesmo com essas dificuldades técnicas ele subiu no palco e mostrou seu amor aos fãs”. Mesmo assim, o set de Khaled teve que ser diminuído, para não bagunçar o cronograma.

+ Mais confusão no EDC: DJ Khaled afirma ter sido sabotado

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS