Connect with us
Banner Sundance Leaderborder

Notícia

Nova gravadora de Lee Burridge lança disco com presença brasileira

Phouse Staff

Publicado em

15/06/2018 - 13:50
Prologue
Foto: Divulgação
“Prologue” traz remix de Guy J e faixa do brasileiro Hauy (foto)

* Por Manoel Cirilo

Lee Burridge é, sem dúvidas, um nome de destaque no cenário eletrônico. Com mais de três décadas de carreira, o britânico percorreu um inusitado caminho para a consolidação do seu nome ao longo do tempo de pista. Com uma jornada marcada pelo acid house, foi um dos responsáveis pela formação de “uma cena underground louca” em Hong Kong, como ele mesmo define, ao comandar intensas after parties nos principais clubes da cidade durante os anos 1990.

Ao final daquela década, Burridge era o DJ mais famoso na então colônia inglesa, mas sem muito renome fora da cidade. Foi aí que recebeu o convite para se unir ao notório Craig Richards e formar o Tyrant Sound System, que no início contava também com a participação de Sasha. As festas com o TSS logo aumentaram sua visibilidade na Inglaterra, onde não se apresentava desde a mudança para Hong Kong, e marcaram o início da internacionalização de sua carreira, com gigs nas principais cidades do globo. Em 2006, o artista fez sua primeira aparição no Burning Man, onde se mantém ativo até hoje.

+ Mais relevante do que nunca, o Warung comemorou seus 15 anos com grandes perspectivas

Burridge sempre esteve mais ligado à mixagem, que domina com perfeita maestria, do que à produção. Mesmo assim, lançou dois discos com o TSS e alguns trabalhos solos. Em 2011, após refinar o seu som e adotar uma estética mais melódica, lançou a All Day I Dream, com o objetivo de criar seu próprio direcionamento na indústria. A gravadora abraça artistas que buscam uma sonoridade mais melancólica e independente, mas o principal diferencial são suas super famosas label parties, que proporcionam uma experiência musical e visual única aos participantes.

Incansável por mostrar sua originalidade, Burridge se uniu a Hoj, um dos principais artistas assinados pela ADID, para juntos criarem a Tale & Tone, gravadora lançada em meados de 2017. A nova label busca trabalhar uma sonoridade densa e alinhada aos gostos pessoais de seus criadores, além de se firmar em um nicho musical específico, como os próprios artistas a definem. Ambos transmitem para o selo toda a experiência que adquiriram em anos comandando as pistas mais underground do globo.

Apesar de bastante jovem, a T&T tem mantido um bom ritmo de produção, com novos releases em praticamente todos os meses desde seu início. No dia 31 de maio deste ano, lançou o Prologue, VA com cinco faixas originais e um remix — remix este produzido por ninguém menos que Guy J. A faixa de abertura do novo trabalho é assinada por Hoj, que traz um som melódico e provocante. Contudo, o single mais dançante e configurado para a pista ficou por conta do brasileiro Hauy. “The Skeleton Man”, produzida por ele ao lado de Jonathan Rosa, investe nos vocais e fecha o EP com maestria. 

Lee Burridge e Hoj mostram toda sua expertise musical ao entregar mais um trabalho de peso pela sua gravadora. Considerando os materiais lançados até agora, podemos esperar bons frutos da label, que já vem firmando seu nome no cenário eletrônico. A T&T é com certeza um selo para se ficar de olho.

* Manoel Cirilo é colaborador eventual da Phouse.

RECEBA NOVIDADES NO E-MAIL

Deixe um comentário

Notícia

deadmau5 lança 2º volume da coletânea “mau5ville” e novo vídeo bizarro

Compilação da mau5trap ganha novo volume com nove faixas inéditas

Phouse Staff

Publicado há

mau5ville 2
Foto: Reprodução

O deadmau5 anda numa espécie de “rehab” pra tratar da sua saúde mental, o que o tem mantido distante das redes sociais, mas não de suas gigs e, pelo visto, nem de seus lançamentos. Quatro meses depois de trazer o primeiro volume (ou “Level 1”) de sua nova coletânea, mau5ville, o ratão apresentou nesta sexta-feira, 16, a continuação da parada, com o “Level 2”.

Além da compilação, que traz mais uma vez collabs inéditas, remixes e faixas solo dele e de alguns nomes do roster da mau5trap, o artista também já aproveitou pra soltar o vídeo da primeira faixa, “Drama Free”, com a cantora e compositora Lights. O vídeo é uma espécie de continuação da loucurada em computação gráfica que vimos em “Monophobia”, faixa com o Rob Swire que, por sinal, abria justamente a mau5ville: Level 1

 
 

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias sobre o deadmau5

Continue Lendo

Brand Channel

Deep, acid e tech house folclórico; confira os 3 novos sons da Alphabeat

Kiko Franco e Woak com gringos, collab entre namorados e Dudu Linhares e ChampZ são a bola da vez na gravadora

Alphabeat Records

Publicado há

Alphabeat
O casal Camila Yoshida e Lipe Forbes no estúdio. Foto: Divulgação

Mais uma sexta-feira, mais uma vez que a Alphabeat vem com três lançamentos de uma vez — e os três bem diferentes entre si.

“Swim” é o resultado da parceria de Kiko Franco e WOAK com o inglês Sylvain Armand e a voz do australiano Nick Kingswell (Austrália), que deu origem a esse deep house harmônico e irado, com elementos e personalidade de cada artista envolvido.

 

Subimos o BPM com “Dance the Dance”, uma collab entre Lipe Forbes e sua namorada, Camila Yoshida. Trata-se de uma música romântica, mas agitada e enérgica, com pitadas de acid e electro house, grooves disco e vocais do casal modulados com vocoder, à lá Daft Punk.

 

Por fim, “La Grega” é mais um trabalho autoral de Dudu Linhares em parceria com ChampZ — olha ele aqui de novo! —, depois de um bom tempo de desenvolvimento em estúdio. A música mescla batidas de tech house com melodia e samples de música folclórica do leste europeu, além de alguns timbres de house music clássica.

  

+ CLIQUE AQUI para conferir mais conteúdo da Alphabeat Records

Continue Lendo

Phouse Tracks

RAAF – Infinity (Original Mix)

Phouse Staff

Publicado há

RAFF

O lançamento de hoje da Phouse Tracks é “Infinity”, uma bass house pegada do DJ e produtor RAAF.

A música está agora disponível para free download no Artist Union, no nosso SoundCloud e no Spotify.

RAAF é mais um projeto de Rafael Pereira Pires, o RaFelps, jovem carioca de apenas 17 anos responsável por alguns dos principais lançamentos da Phouse Tracks. O garoto — que, por sinal, lançou conosco na semana passada — possui esse outro projeto paralelo, voltado a frequências mais graves.

Como RAAF, tinha lançado apenas bootlegs para faixas como “Tem Café”, do Gaab com o MC Hariel, e “Make It Bun Dem”, do Skrillex.

Siga e ouça também a playlist com todos os nossos lançamentos:

+ CLIQUE AQUI para conferir mais lançamentos da Phouse Tracks

Continue Lendo

Publicidade

Injeção Eletrônica 300×250
Brazillian Bass 300×250
Sundance (300×250)

Facebook

PLAYLIST

Trending

-->

Copyright © 2018 Phouse

Translate »
Injeção Pop Up