Reconhecimento facial

Empresas firmam compromisso em não usar tecnologia polêmica em festivais

Pressionadas por artistas, diversas produtoras de eventos negaram a intensão de usar a tecnologia de reconhecimento facial

Recentemente, gigantes do entretenimento ao vivo como a AEG Presents e Live Nation negaram que tenham planos de usar tecnologias de reconhecimento facial em eventos musicais. Em setembro, mostramos que a campanha Ban Facial Recognition estava fazendo barulho na internet para derrubar medidas de empresas que iam nessa direção.

Semana passada, a organização Fight For The Future e artistas adeptos declararam vitória na empreitada. De acordo com ela, mais de 40 eventos importantes afirmaram não ter planos de usar essas tecnologias, assim, garantindo a privacidade do público.

O guitarrista Tom Morello e a musicista e diretora de campanha da Fight For The Future, Evan Greer, publicaram uma coluna no BuzzFeed, na qual comemoram o fato e incentivam que a luta continue para acabar com essa “distopia de vigilância” onde quer que ela esteja.

“Um futuro em que nós estaremos sujeitos à vigilância do estado e de corporações não é inevitável, mas está chegando rápido, a não ser que ajamos agora.”

Em comunicado, a Live Nation (responsável pela Ticketmaster) declarou: “Atualmente, não temos planos de implantar a tecnologia de reconhecimento facial nas pistas de nossos clientes”.

Já a diretora de operações Melissa Ormond da AEG, disse em email aos ativistas: “Os festivais da AEG não usam tecnologia de reconhecimento facial e não têm planos de implementar”. A empresa responsável por grandes festivais, como o Coachella, havia mudado sua política de privacidade online no início deste ano para poder coletar imagens faciais em seus eventos para melhorar o controle de acesso.

Assim, o site da campanha foi atualizado com uma lista que traz os festivais que se comprometeram a não usar a tecnologia e outros que ainda não firmaram o compromisso.

Nela, constam nomes como Beyond Wonderland (Insomniac), Bonnaroo (Live Nation), EDC (Insomniac), Electric Forest (Madison House Presents & Insomniac), Hard Summer (Insomniac), Lollapalooza (C3 Presents), Lost Lands (Excision) e SXSW no primeiro grupo.

Por outro lado, cinco eventos estão indicados como “Might Use” (podem usar a tecnologia de reconhecimento facial): Boston Calling (Crash Line Productions), Burning Man, I Heart Radio Music Festival (IHeartMedia), Life Is Beautiful (Another Planet Enterteinment) e Outside Lands (Another Planet Enterteinment).

+ LEIA TAMBÉM: Artistas aderem a campanha contra tecnologia de reconhecimento facial em festivais

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PHOUSE MUSIC
SPOTLIGHT