Scorsi Sandeville REDLIGHT

Scorsi lança remix pesado para hit de NGHTMRE com A$AP Ferg

Remix para "REDLIGHT" deveria ter saído em EP da Ultra Music

Scorsi acaba de postar em seu SoundCloud um remix para “REDLIGHT”, single do NGHTMRE com o rapper A$AP Ferg que bombou em março, quando foi lançado pela Ultra Music. A original, que já é um trap com bastante grave, ficou ainda mais pesada nas mãos do versátil produtor paulistano.

Segundo Scorsi, o remix foi um pedido do próprio NGHTMRE, que além de ser seu amigo, também é fã do seu som. A produção deveria ter saído no final de julho, no EP de remixes da faixa, que traz as produções de Holy Goof, Effin e Crankdat. O brasileiro, porém, demorou para receber as partes da música, e por isso, o seu remix acabou saindo apenas nesta quarta-feira. Ainda assim, o lançamento foi autorizado pela Ultra Music, com o devido suporte do DJ americano.

“Conheci o NGHTMRE através de um dos meus melhores amigos de Los Angeles, quando ele veio para o Lollapalooza Brasil. Ele ficou alguns dias extras em São Paulo, o levei para conhecer a cidade, o meu estúdio e acabamos nos vendo mais algumas vezes em LA”, contou Scorsi à Phouse.

“Foi uma das poucas pessoas que se tornou um grande amigo em tão pouco tempo. Sempre curtiu as músicas que eu mandei, e quando a ‘REDLIGHT’ saiu, perguntei sobre os remixes, e ele na hora pediu um meu. Fiquei tão empolgado com o request que eu nem dormi — fiz em 30 horas seguidas. E usei o mesmo aproach que sempre tenho para remixes: respeitar o máximo a original, e colocar minha cara. Mesmo não saindo pela Ultra Music, estou honrado e realizado por ter a aprovação e o apoio do NGHTMRE no lançamento independente”, concluiu.

CONFIRA TAMBÉM:

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS