Connect with us
Burn Residency – Leaderborder
Cat House Leaderborder
XXX Leaderborder
Federal Leaderborder

Rock in Rio Brasil 2013

Phouse Staff

Publicado em

04/04/2013 - 20:46

Esta manhã deu-se início à venda de ingressos para o Rock in Rio 2013. Em meio alguns transtornos em função da grande (enorme!) procura, tudo já foi normalizado, ainda bem! A assessoria do evento, junto ao sitewww.ingresso.com, lamenta o ocorrido mas informa que tudo já foi estabilizada. Se você ainda não comprou o seu, corra! O valor do ingresso, unissex, é R$ 260,00 inteira e R$ 130,00 meia, por dia, com direito a assistir a todas as atrações, visitar os espaços alternativos e utilizar os brinquedos que serão montados na Cidade do Rock.

Sete dias de festa, três palcos, dois espaços alternativos e mais de 85 atrações. Em setembro, o Rio de Janeiro estará respirando música; música para todos os gostos e se você gosta de todos os estilos, saberá muito bem como aproveitar este festival incrível.

Palco Mundo

Serão 28 atrações, quatro por dia, com destaque para a abertura do festival que está sendo organizado o show “Cazuza – O Poeta Está Vivo”, em homenagem ao cantor que em 1985, junto à banda Barão Vermelho, o qual fazia parte na época, marcou uma grande apresentação na história do Rock in Rio encerrando o show cantando “Pro Dia Nascer Feliz” envolto na bandeira do Brasil, comemorando o fim da ditadura no país. Esta homenagem terá a participação de cantores como Ney Matogrosso, Maria Gadu, Bebel Gilberto, Rogério Flausino e Pablo Miklos.

Confira as demais apresentações deste palco em seus respectivos dias:

13/09 – Especial Cazuza / Ivete Sangalo / David Guetta / Beyoncé
14/09 – Capital Inicial / Thirty Seconds to Mars / Florence and the Machine / Muse
15/09 – Skank / a confirmar / Alicia Keys / Justin Timberlake
19/09 – Sepultura & Tambours du Bronx / Ghost / Alice in Chains / Metallica
20/09 – Jota Quest / Matchbox Twenty / Nickelback / Bon Jovi
21/09 – Frejat / Phillip Phillips / John Mayer / Bruce Springsteen
22/09 – Kiara Rocks / Slayer / Avenged Sevenfold / Iron Maiden

Palco Sunset

Inusitado, este espaço foi pensado em unir grandes nomes da música nacional e internacional. Como? Você já pensou em assistir a um show de Sepultura e Zé Ramalho juntos? Esteja no palco Sunset dia 22 de setembro, último dia de Rock in Rio, que você verá. O espaço terá início sempre a partir das 14h40 todos os dias.

Fique por dentro das outras bagunças que vêm por aí:

13/09 – Orelha Negra + Renegado / Vintage Trouble + Jesuton / Maria Rita + Convidado / Living Colour + Angelique Kidjo
14/09 – Autoramas + BNegão / Marky Ramone + Michael Graves / Viva a Raul Seixas com Detonautas + Zeca Baleiro + Zélia Duncan / The Offspring
15/09 – The Black Mamba + Aurea / Nando Reis + Samuel Rosa / Kimbra + Olodum / George Benson + Ivan Lins
19/09 – Almah + Hibria / Sebastian Bach / Bullet for my Valentine / Rob Zombie
20/09 – The Gift + AfroReggae / Mallu Magalhães + Banda Ouro Negro / Grace Potter and The Nocturnals + Donovon Frankenreiter / Ben Harper + Charlie Musselwhite
21/09 – Orquestra Imperial + Lorenzo Jovanotti / Moraes Moreira + Pepeu Gomes + Roberta Sá / Ivo Meirelles + Fernanda Abreu + Elba Ramalho / Gogol Bordello + Lenine
22/09 – Viper + André Matos / Destruction + Krisium / Helloween + Kai Hansen / Sepultura + Zé Ramalho

Palco Eletrônica

O nosso palco no Rock in Rio deste ano valoriza artistas nacionais e traz grandes nomes da cena mundial. O line up garante satisfação ao público que, de acordo com Miguel Marangas, diretor artístico da Eletrônica, o objetivo desta edição é “unir ainda mais talentos consagrados a novos nomes, apostando em diversidade de estilos, atingindo gostos dos mais variados públicos”, revela.

Há dois anos, no último Rock in Rio Brasil, o palco Eletrônica recebeu 27 atrações que mesclou brasileiros como Leo Janeiro, Gui Boratto, o trio Life is a Loop, Renato Ratier entre os gringos Ferry Corsten, Guy Gerber, Luciano e Steve Aoki e muitos outros.

Este ano o espaço conta 31 apresentações ao todo, entre quatro e cinco por dia, todas com início a partir das 22h30 e término às 4h;

Curioso? Vamos a elas!

O primeiro dia, sexta feira, dia 13 de setembro destaca a apresentação de Otto Knows, sueco, é denominado como maior sucesso da EDM no Itunes; é ele quem encerra a primeira noite. Antes disso, as cariocas Dri.k e Marie Bouret do Sweet Beats abrem a festa e depois os trios Ask 2 Quit, com Leo Janeiro, Marcelo CIC e o VJ Vagalume e Life is a Loop, com Fabrício Peçanha, Leozinho e a percussão de Rodrigo Paciornik.

Dia 14, sabadão, a paulista Paula Chalup dá o ponta pé inicial para depois subir ao palco a velha guarda da música eletrônica nacional: Maurício Lopes, seguido de Mau Mau, Anderson Noise. E fechando a noite, depois destas lendas, nada menos que a maestria do francês Vitalic seria o mais recomendável.

Domingo, finalizando o primeiro final de semana de Rock in Rio, dia 15 de setembro, a noite começa com o trio carioca Triple Crown, formado por Mary Zander, Nepal e Jonas Rocha. Seguindo de Wehbba e Renato Ratier que esquentam o público para irreverência característica do trio francês dOp e encerramento do inglês DJ Harvey, lenda mundial que tem sua estreia em terras brasileiras neste Rock in Rio.

Na semana seguinte, quinta feira, dia 19 de setembro, o brasileiro campeão mundial de sctrachDJ Ride, com seu novo projeto áudio visual Pixel Thrasher inicia a noite alternativa do Eletrônica 2013. Prova disso é a bagunça organizada – e ótima – de The Gaslamp Killer que vem depois dele. O francês Brodinski e o seu techno estreiam no Rock in Rio e dão continuidade à noite que termina ao som de mais um francês do techno, Gesaffelstein.

Sexta, dia 20, a noite é quase que totalmente brasileira, começando com Ferris, depois Rodrigo Vieira e o trio de Junior Lima, Júlio Torres e Amon Lima, o Dexterz que encerra com a apresentação do inglês Paul Oakenfold.

Penúltimo dia de Rock in Rio, 21 de setembro, começa com a dupla brasileira formada por Zeo Guinle e Marian Flow, o Flow and Zeo, que já conhecem muito bem o palco eletrônica do nosso Rock in Rio. Depois deles tem o live do argentino Guti (leia a entrevista que fizemos com o DJ Guti aqui na House Mag) e o português DJ Vibe. Loco Dice e a sua energia, encerram a noite de mais um dia de festa.

É com a ‘brasileirisse’ do Boteco Eletro que o último dia do Rock in Rio Brasil 2013 começa a terminar. Este projeto idealizado pelo músico Ricardo Imperatore reuniu outros músico nacionais para reproduzir a boa música brasileira em ritmos e batidas eletrônicas. Bem legal! Depois tem o projeto  Maximum Headrum, formado por Sam Spiegel e Derrick Green, comanda a noite até a chegada do DJ Marky, ele, também, velha guarda da música eletrônica brasileira seguidos pela nova guarda formada pelos meninos do Felguk que levantam a galera. Para fechar com chave de ouro, o canadense Tiga assina a última apresentação do último dia de Rock in Rio no Palco Eletrônica.

Recaptulando, então:

13/09 – Sweet Beats / Ask 2 Quit Live / Life is a Loop / Otto Knows
14/09 – Paula Chalup / Maurício Lopes / Mau Mau / Anderson Noise / Vitalic
15/09 – Triple Crown / Wehbba / Reato Ratier / dOP / DJ Harvey
19/09 – DJ Ride / The Gaslamp Killer / Brodinski / Gesaffelstein
20/09 – Ferris / Rodrigo Vieira / Dexterz / Paul Oakenfold
21/09 – Flow & Zeo / Guti / DJ Vibe / Loco Dice
22/09 – Boteco Electro / Maximum Headrum / DJ Marky / Felguk / Tiga

Rock Street

É o espaço que todos devem ter curiosidade em conhecer. É uma rua, dentro da Cidade do Rock, inspirada em famosas e características ruas ao redor do mundo, por exemplo, este ano a Rock Street foi inspirada na Grã-Bretanha e Irlanda onde o público se sentirá viajando pelo exótico bairro londrino Camden Town e o irlandês Grafton Street, com artistas de rua também imersos nesta temática, além de encontrar John Lennon representado por uma estátua viva. A programação deste espaço será com novos nomes do rock inspirados em bandas inglesas. Todos os dias haverá a Rock Street Big Band tocando Beatles. Imperdível aos amantes do rock.

Street Dance

Este é o novo espaço aderido pela organização do Rock in Rio Brasil. A Street Dance é dedicado à dança de rua e terá um cenário inspirado nas ruas de Nova Iorque, onde grupos de dançarinos iram promover animadas batalhas de dança, com muita técnica, criatividade e improviso.

Então, você já sabe: nos dias 13, 14 e 15 e dias 19, 20, 21 e 22 de setembro acontece na Cidade do Rock, Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, o Rock in Rio Brasil 2013. Acontecimento imperdível para quem gosta de música de verdade. Mais informações acesse www.rockinrio.com/rio

Foto: Vinicius Caricatte

Notícia enviada por: Mariana Censi
RECEBA NOVIDADES NO E-MAIL

Deixe um comentário

Notícia

Em Nova Iorque, Calvin Harris ganha nova estátua de cera

Phouse Staff

Publicado há

Estátua Calvin Harris
Foto: Reprodução
DJ aparece em cenário de clube e vai “tocar” para visitantes

A vida de quem queria tirar uma selfie com Calvin Harris ficou um pouco mais fácil — ou quase isso. O DJ escocês acaba de virar a mais nova estátua super realista de cera na filial nova-iorquina do famoso museu Madame Tussauds.

O Calvin de cera ganhou não só um kit da Pioneer, moldado como se estivesse em ação, mas também todo um cenário característico de uma balada. A obra divulgada ontem, e poderá ser admirada ao vivo a partir de julho.

Foto: Reprodução

A peça de cera do DJ fica cercada por luzes e em seu ambiente natural, a pista de dança. A estreia dele nesse cenário faz parte da Silent Summer Club Series, que foi criada no museu justamente para se parecer com uma festa de música eletrônica. Segundo informações do Madame Tussauds, a ideia é trazer convidados para três festas “de cera” como parte da Calvin Harris Experience”.

A ideia basicamente é curtir a “balada” usando fones de ouvido, na companhia do DJ-estátua. A exposição interativa começa dia 11 de julho, e conta com mais duas festas, em 9 de agosto e 16 de setembro. Os ingressos já estão à venda.

Esta na verdade não é a primeira estátua de cera de Calvin Harris — o artista já havia sido homenageado no Madame Tussauds de Berlim, em 2016. DJs como Martin Garrix, Armin van Buuren, Steve Aoki, Tiësto, Hardwell e Afrojack são outros astros da dance music que também já foram imortalizados em obras do museu.

+ Martin Garrix ganha estátua de cera em museu na Holanda

Continue Lendo

Notícia

Electric Zoo 2018 divulga primeira fase do lineup

Phouse Staff

Publicado há

Festival celebrará seu décimo ano entre o fim de agosto e o começo de setembro

Se o Ultra Music Festival acaba de celebrar seus 20 anos de existência, outro festival dos Estados Unidos completa uma marca importante em 2018. Entre 31 de agosto e 02 de setembro, o Electric Zoo rola no Randall’s Island Park, em Nova Iorque, em edição comemorativa de dez anos.

Nesta quinta-feira, a organização do evento soltou a primeira fase do seu lineup, que traz Kaskade, marshmello, Martin Garrix e Virtual Self — o projeto paralelo de Porter Robinson — como destaques. Entre os parceiros que assinam palcos, temos selos como a Anjunabeats de Above & Beyond e a Hyperhouse de Anna Lunoe. A produção ainda promete mais de 50 nomes a serem anunciados em breve.

Confira o lineup parcial:

Electric Zoo fase 1

LEIA TAMBÉM:

Em e-mail vazado, Porter Robinson traz visão crítica sobre a cena eletrônica

Porter Robinson lança primeiro EP de seu projeto paralelo, Virtual Self

“Cold as Stone” é o primeiro lançamento do Kaskade em 2018

Above & Beyond lança novo festival

Assista a 15 sets da edição de 20 anos do Ultra

Continue Lendo

Notícia

LOthief e Mojjo lançam releitura para o hit “Like a G6”

Phouse Staff

Publicado há

Após dropar “Sunshine” — sucesso produzido em parceria com o Cat Dealers e o Santti —, o mineiro Leandro Souza, mais conhecido como LOthief, aposta agora em uma releitura para um hit da década passada.

Ao lado do colega Mojjo, o produtor escolheu refazer “Like a G6”, da banda californiana de electro pop Far East Movement — música que explodiu em 2010 e soma atualmente 170 milhões de views no Youtube.

“O Mojjo me mandou a música com o draft do que ela era, e eu sempre curti muito a original. Resolvemos fazer pra tocar mesmo nos shows, nisso mandamos pros amigos DJs e todos tocaram. A galera pediu muito e a gente soltou”, disse o mineiro, em contato com a Phouse.

Referência do low bass nacional, o projeto LOthief surgiu no mercado há menos de um ano e hoje é agenciado pela Entourage, uma das principais empresas de gerenciamento artístico do Brasil.

Continue Lendo

Publicidade

Winter Music 300×250
Federal Music 300×250
Cat House 300×250
XXXperience 300×250

Facebook

PLAYLIST

Trending

-->

Copyright © 2018 Phouse

Translate »
Cat House Pop Up