Solomun
Foto: Reprodução
DJ alega não saber que música tocada continha canto muçulmano

No Facebook, Solomun veio a público para se desculpar a todos os muçulmanos por ter tocado uma faixa com um “azan” — canto que os muçulmanos usam para chamar à oração — em seu set no Kappa Futur Festival, que rolou nesse último sábado em Turim, na Itália.

No texto, o DJ disse que o som foi “um grande erro”, explicando que se tratava de uma demo que ele havia recebido, e que ele só tinha ouvido a batida e gostado dela, por isso a acrescentou no set. “Não, eu não sabia do que se tratava, mesmo quando a faixa estava sendo tocada no festival, mas senti que algo estava fora de lugar, embora eu não entendesse a linguagem”, declarou.

“Agora que eu entendi o que aconteceu, quero pedir o seu perdão: do fundo do meu coração, me desculpo por ferir sentimentos religiosos. Como eu também sou uma pessoa religiosa, nada poderia ser mais distante das minhas intenções. Estou muito envergonhado por isso”, seguiu. “A música existe para conectar as pessoas, e não para criar mágoas ou deixar as pessoas irritadas. Estou devastado e arrependido por não ter conseguido evitar isso no sábado.”

A confusão se deu porque o islã considera ofensivo misturar elementos tradicionais da sua religião com outros tipos de manifestação cultural. Como a Mixmag lembrou, no ano passado o clube El Guitone, na Tunísia, fechou suas portas depois que o DJ britânico Dax J tocou um sample do canto islâmico, assim como o Gärten, na capital do Líbano, também foi temporariamente fechado depois que o alemão Acid Pauli sampleou versos do Corão. A questão também é abordada no filme Raving Iran, que traz a história real de dois DJs iranianos que abandonaram sua terra natal para poderem se dedicar à música eletrônica.

LEIA TAMBÉM:

Solomun voltará com novo EP depois de três anos

Por favor, alguém traga este filme e estes DJs iranianos para o Brasil

O Seth Troxler profanou o Templo com um loop de funk; queimem o herege!

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Boiler Room terá festival de quatro dias

Em Londres, rolê será voltado a quatro vertentes musicais

Consistência e reconhecimento: Rods Novaes fala sobre a trajetória da Not For Us

Com mais de 220 lançamentos, gravadora brasileira está no mercado há oito anos

Alok terá sua própria gravadora

Primeiro lançamento será releitura de clássico do Pink Floyd

Kraftwerk fará primeiro show em Ibiza de sua história

A apresentação será parte da celebração dos 20 anos da Cocoon, de Sven Väth

BURN Residency Brasil abre inscrições para 2019

Nesta edição, o programa será apenas a nível nacional

XXXPERIENCE anuncia parceria com o Universo Paralello

Famoso palco do festival baiano, o UP Club será exportado para Itu

Com debutantes brasileiros, Tomorrowland solta o lineup (quase) completo para 2019

Penúltimos horários do Mainstage permanecem em aberto

2º BRMC Diálogos será em Belo Horizonte; confira a programação

Evento vai rolar no dia 05 de junho, no Teatro Marília

Antigo parceiro de Zedd, Matthew Koma destrói o produtor em relato na web

Cantor e compositor quebrou o silêncio e mostrou Zedd como uma pessoa horrível

“Rave protesto” de 2018 vira filme longa-metragem

“Raving Riot” será lançado no Beat Festival em junho; dez dias depois, ODD recebe showcase do Bassiani