Ao longo dos últimos anos, já falamos aqui na Phouse diversas vezes sobre os estigmas que as mulheres sempre enfrentaram na cena DJ e como artistas de música eletrônica, assim como o fato de que esse cenário, aos poucos, tem sido revertido.

Nunca tínhamos visto, porém, uma produtora lançar uma música explicitamente sobre o tema. É o que fez hoje Bruna Raíssa, mais conhecida como Soul Shine, artista de prestígio no cenário psytrance brasileiro. Bruna aproveitou este Dia Internacional da Mulher para lançar “Like a Girl”, sua mais nova faixa pela Alien Records.

Nela, a jovem mineira de 24 anos vocalizou seus pensamentos sobre o tema, e buscou justamente falar sobre como “as mulheres se sentem limitadas pelo comportamento que a sociedade as impõe. Que não podem agir, falar e até pensar de maneiras diferentes”, conta Raíssa à Phouse.

Segundo a produtora, o título da faixa foi inspirado em um movimento na internet chamado “Like a Girl”, que ironiza aqueles que desmerecem quem, por exemplo, “luta como uma menina”, ou “joga bola igual a uma menina”. “É hora de as garotas se libertarem! Quem disse que meninas não podem lutar ou jogar futebol bem? Fiz uma pequena crítica justamente por muitos, às vezes, desmerecerem as mulheres em vários campos, inclusive profissionais. A luta é constante”, segue.

“A intenção da track é justamente quebrar esses paradigmas e encorajar as garotas a fazerem tudo o que quiserem. A acreditarem em si mesmas, irem atrás de seu propósito de vida, serem felizes e se empoderarem”, conclui Bruna.

LEIA TAMBÉM:

Como Soul Shine, Bruna Raíssa já vem se destacando há quase quatro anos. A DJ integra o casting da 2Soul Agency e já tem mais de 20 músicas assinadas pela curitibana Alien Records — incluindo a recente “Irish Fairy Tales”, que fez sucesso com seu público. Também já lançou collabs com importantes nomes do cenário, incluindo o GMS, cujo cofundador, Bansi, infelizmente faleceu no ano passado.

Universo Paralello, Soulvision, Cyclus, Todai-ji e Flor de Vida são alguns dos festivais em que já tocou, além de ter representado o Brasil em gigs nos Estados Unidos e no México. Como inspirações femininas, citou as brasileiras Ekanta, Alturism, Moon, Rosa Ventura, Kitty e Steph.

Confira a letra de “Like a Girl”:

The Girls feel boxed, they feel limited to behaving acting, speaking and even thinking a certain way
It’s time to get out of those boxes
It’s time for society to stop telling girls what they should or shoudn’t do
It’s time for girls to be free!
Free to nurture and celebrate whatever qualities and talents make them different 
It’s the most liberating time 
Time for girls to be free!
Time for girls to be free!
The girls feel boxed!
Time for girls to be free!
In fact it’s time to get rid of them all together

I have more sheds than I know that to do with,
But in the end, I want to be happy, and I believe, the best way to be happy in life,
is to be true to who you are!

It’s time to get out of those boxes.
Free to nurture and celebrate whatever qualities and talents make them different 
Its the posted liberating time!
Time for girls to be free!
Time for girls to be free!

You have a responsibility, an opportunity to share your gifts with the world
People want what you’ve got
Believe it!

Girls, we have to stick together, please support each other, and when you feel lost or alone, remember, stay in your lane, never mind what they’re doing,
just look at what you’re doing, and what you’ve done,  
be proud, stay focused, you’re allowed to be the most important person in your story!

+ CLIQUE AQUI para ler mais sobre as mulheres na música eletrônica

Receba novidades no e-mail

Receba o melhor da Phouse em seu email!

:::. ALEATÓRIAS / LEIA TAMBÉM

Creamfields libera segunda fase do lineup para 2019

Confira a programação parcial, dividida por dias

Cercle chega ao Brasil trazendo duo ucraniano ao Pão de Açúcar

Performance no cartão postal do Rio terá ainda Luciano Scheffer e Paulo Foltz

Alphabeat lança tech house e future bass com levada pop

Collabs entre BUDAL e Vile Gass e ChampZ, Magic Ink e Júlia Gomes são os sons desta sexta-feira

Dub Clap é o 1º brasileiro a lançar por selo de Jamie Jones e Lee Foss

Novo projeto de Londrina participa de faixa no novo EP do inglês Jaden Thompson

Depois de morte de vocalista, The Prodigy cancela todos os seus shows

Keith Flint foi encontrado morto nessa segunda-feira

Conheça os headliners das próximas aberturas de Laroc e Ame Club

Nomes como Nicky Romero, Aly & Fila, Kölsch e Nastia serão atração entre abril e julho

Confira o lineup completo do Lollapalooza 2019

Edição principal traz Flume e The Chainsmokers entre os headliners

Bruno Martini e Sunnery James & Ryan Marciano lançam nova collab

“Shameless” sucede “Savages”, lançada em abril de 2018

Confira a divisão por palcos do DGTL São Paulo

Artistas espalham-se entre os palcos Modular, Generator e Frequency

Ultra é o festival mais transformador desde o Woodstock, diz pesquisa

Estudo da Cloud Cover Music analisou as preferências de frequentadores de festivais de música