Cid-Inc-e-Darin-Epsilon-capa

SP e o techno progressivo: o que representa a vinda de Cid Inc e Darin Epsilon

Em uma era em que festas independentes têm tomado conta da capital paulista, o núcleo Unik ID surge com nomes nunca acreditados nesse cenário.

Por décadas, São Paulo vem sendo apontada como um dos principais centros da cultura eletrônica underground no mundo. Sua imponência urbana e industrial 24 horas enseja uma sociedade com ideias inovadoras em vários aspectos, e um dos principais é a música. Alguns dos DJs e produtores mais respeitados que o Brasil já produziu surgiram do preto e branco e muitas vezes caótico centro financeiro nacional.

Compreendendo isso, não fica difícil entender o porquê do techno ser o estilo que mais se espelha nos buscadores da noite da cidade. Sonoridades frias e mecânicas dominam os clubes e festivais realizados na maior metrópole da América do Sul; no entanto, existe um movimento de produtores ao redor do mundo que tem conseguido colocar em evidência sonoridades com drums machines desconexas e profundidade nas batidas lineares , no que tem sido chamado por muitos de “techno progressivo”.

+ Prefeitura de São Paulo causa revolta ao interditar festa itinerante

Essa brecha, que invadiu até cidades historicamente conservadoras como Berlim, parece ser uma tendência que veio para ficar por seu apelo introspectivo, fazendo frente a uma geração de jovens que questionam todos os modelos aparentemente falhos de subsistemas que governam nosso mundo e como nos relacionamos com ele. Quem imaginaria ver em sequência produtores como Cid Inc e o expoente Guy J na cidade, alguns anos atrás? Pois bem, isso irá acontecer. A vinda do israelense ao D-EDGE é um marco na cidade, porém o olhar aqui se atenta a um grupo de DJs e produtores que tem unido forças para fazer esse estilo adentrar o coração gélido da metrópole.

Em uma era em que festas independentes têm tomado conta da capital, muito por apresentarem relação mais direta e novas experiências aos frequentadores, o núcleo Unik ID surge com a proposta de estabelecer nesse cenário novos tempos e artistas nunca acreditados. Em 10 de junho, o projeto irá realizar um evento no Audio Club da Barra Funda. A pista secundária do club foi estrategicamente escolhida por ter as medidas e a estrutura sonora compatíveis com o objetivo pretendido para o público paulista; música eletrônica séria e conceitual, com foco nas principais vertentes da house e do techno progressivo.

O projeto é resultado do encontro de quatro DJs com origens bastante diferentes: Pedro Capelossi, Pk Live, Gui Milani e Caio Madda encontraram especialmente na música progressiva uma paixão comum que resultou na criação desse interessante e promissor núcleo, que traz pela primeira vez ao Brasil o finlandês/sueco Cid Inc.

Alter ego de Henri Hurtig, Cid Inc iniciou sua jornada na produção musical no início da década de 1990. Os sons de KLF, Underworld, Future Sound Of London e Aphex Twin deram forma à fundação musical de Henri no início, e eventualmente o levou a começar a tocar em 1993.

A formação em engenharia de áudio mostra ser um passo importante na sua evolução como um produtor de música eletrônica. Ele é altamente considerado um dos mais perspicazes engenheiros de som de toda a indústria; sua proeza na masterização (Cid Inc Mastering Services) é procurada por alguns dos mais respeitados artistas e selos. Christian Graham, Guy J, Hernan Cattaneo, Pig & Dan, Hope Recordings, Lost & Found, microCastle, Octopus Recordings, Sudbeat, Transmit Recordings e Tronic são apenas uma pequena seleção de muitos artistas e gravadoras que juram pela expertise da companhia.

Considerado um dos dez melhores produtores de progressive house pelo Beatport, tem sua música já gravada nos corações de muitos fãs, mas com a sua fortaleza e o desejo eterno de perfeição, não há como dizer até onde seus talentos únicos vão chegar.

Outro artista que compõe o lineup do dia 10 é o americano Darin Epsilon. DJ internacionalmente aclamado, produtor, apresentador de rádio e proprietário de uma gravadora, Epsilon é muitas vezes referido como um líder da nova geração de produtores de Chicago, fazendo justiça a uma das cidades mais importantes na história da house music. Seu programa de rádio Perspectives atrai milhares de ouvintes a cada mês.

Como uma extensão da sua marca, lançou a gravadora Perspectives Digital em novembro de 2010, solidificando ainda mais sua influência e presença dentro da comunidade global da música eletrônica. Em 2016, foi indicado ao Beatport Awards na categoria Melhores Artistas de Progressive House e, em 2011, John Digweed o nomeou um dos vencedores em sua competição de DJs patrocinada por Bedrock e Ableton Live.

Suas produções entraram no Top 100 do Beatport várias vezes, e são apresentadas nas compilações de Nick Warren, Hernan Cattaneo, Armin van Buuren, Markus Schulz, Paul Oakenfold e Max Graham. No entanto, suas conquistas não foram puramente confinadas ao cenário clubber. Marcas globais como a MTV, a American DJ, a American Audio, a Elation Professional e a Global Truss convidaram-no a conceber a trilha sonora de seus vídeos. Sua música também pode ser encontrada em dois filmes, o colocando em uma pequena categoria de produtores que já fizeram um trabalho na tela grande.

Portanto, Cid Inc e Darin Epsilon são dois artistas que inspiram por suas legítimas dedicações à arte underground e contam com o apoio de nomes reverenciados da indústria, prometendo trazer para São Paulo uma noite carregada de frequências subversivas. Você pode conferir mais detalhes sobre o evento da Unik aqui.

* Jonas Fachi é colunista na Phouse; leia mais de seus textos.

LEIA TAMBÉM:

+ O produtor israelense Guy J em uma entrevista exclusiva

+ Novo projeto de Carl Craig ajuda a diluir a resistência popular ao techno

+ Lúdico, subversivo e impactante: conheça o universo de Carlos Capslock

+ Warung Day Festival 2017: um dia inesquecível

+ Review Ressonancia: Brasilidades, vertentes do techno e a volta de uma lenda ao Brasil

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS