Spinnin' Records Brasil

Olhar da Spinnin’ para o mercado brasileiro é destaque na Billboard

Citando Alok, Vintage Culture e Dubdogz, reportagem resume como artistas brasileiros têm chamado a atenção da label

O Brasil tem chamado a atenção da gigante Spinnin’ Records, gravadora holandesa que tem Roger De Graaf e Jorn Heringa na linha de frente. Para nós, que cobrimos lançamentos de diversos artistas nacionais com frequência, essa informação não é exatamente uma novidade, mas foi assunto da última edição da Billboard, em matéria de Alexei Barrionuevo.

O jornalista aponta que essa história começou em 2016, quando Alok assinou um contrato com o selo e viu sua carreira decolar em todo o planeta, tornando-o a primeira estrela da EDM no Brasil — sobretudo a partir de “Hear Me Now”, sexto lançamento do brasileiro no selo, ao lado de Bruno Martini e Zeeba. Barrionuevo destaca que Heringa não sabia nada sobre o cenário brasileiro quando esbarrou com o som de Alok no SoundCloud.

Desde então, nossa bandeira começou a estar mais presente com nomes como Dubdogz e Vintage Culture, que já lançou quatro faixas pela label: “Later”, “Pour Over”, “I Will Find” e, a mais recente delas, “Save Me”. Ainda de acordo com a reportagem, Heringa quer uma collab entre Alok e Vintage.

Em 2017, a Spinnin’ foi comprada pela Warner Music por mais de cem milhões de dólares (pouco mais de 310 mil reais na época), e esse movimento permitiu uma aproximação maior com o mercado brasileiro. Mais recentemente, como você leu aqui, Alok lançou a CONTROVERSIA, selo que abraçará mais artistas brasileiros e passa a integrar o time de sublabels da Spinnin’, que também abriga Musical Freedom (Tiësto), Heldeep (Oliver Heldens) e Dharma Worldwide (KSHMR).

Agora, em 2019, celebrando 20 anos de sucesso, Barrionuevo aponta que a Spinnin’ se mostra uma “criadora de tendências” na dance music, tendo Alok e o brazilian bass como exemplo. “Mesmo quando temos um grande sucesso, o primeiro impulso é procurar imediatamente o próximo garoto novo no quarteirão”, disse o cofundador Roger de Graaf à Billboard.

Os próximos capítulos? Basta ficarmos de olho no que Jorn Heringa e de Graaf irão reservar para nós.

LEIA TAMBÉM:

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS