fbpx
Steve Angello Rejoice

Steve Angello mostra em “Wild Youth” a fusão produtiva do seu lado singular com seu lado popular

Fato é que Steve depois que se separou, quis buscar algo singular para si, enquanto seus exs parceiros continuaram juntos. Talvez daí tenha surgido toda essa identidade forte de “Wild Youth”, que fácil de se perceber logo nas duas primeiras faixas, com mais destaque para o single “Children Of the Wild” que é hit logo nas primeiros versos.

O material se torna uma viagem produtiva capaz de trazer o lado mais popular e conhecido do cara nos anos de Swedish House Mafia, ao lado de Axwell e Ingrosso. E é com faixas como o single “Wasted Love” e a porrada “ Someone Else” que isso fica bem explicito.

Mas é em “The Ocean” ou em “Stay” que se encontra um Steve Angello mais corajoso, capaz de arriscar em produções mais melódicas e diferentes de tudo aquilo que a gente esperava dele. “Wild Youth” é um título bem escolhido para um cara que depois de quase uma década dedicados ao projeto de maior sucesso do mercado eletrônico, arriscou ao construir um álbum competente sem perder o principal. Essência. Ah, é bom ouvir a faixa 13 chamada (…), Steve sabe o que faz.

Escute aqui o álbum “Wild Youth” do Steve Angello

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS