Plástico zero em festivais é a meta da Live Nation para o futuro

O impacto ambiental é uma preocupação cada vez maior entre as produtoras de eventos

Que tal curtir um festival sabendo que você não verá toda aquela quantidade de garrafas e lixo plástico jogado pelo chão quando o som terminar? Melhor do que isso: você não estará vendo porque iniciativas sustentáveis em prol do meio ambiente estão sendo tomadas. 

É o que pretende a Live Nation, uma das maiores promotoras de eventos de entretenimento do mundo, que organiza os icônicos shows de intervalo do Super Bowl, o Pinkpop Festival e também o Glastonbury, para citar alguns.

Através do Green Nation, seu programa de sustentabilidade, a marca cunhou uma uma Carta de Sustentabilidade Ambiental, em que se compromete a diminuir em seus eventos “emissões de gases do efeito estufa em 50% até 2030 e acabar com a venda de plásticos de uso único até 2021” — iniciativa que já marcou presença na última edição do Coachella, também organizado pela Live Nation. A ideia é que outros de seus maiores festivais no Reino Unido, como Download, Latitude, Leeds, Reading e Wireless, não tenham mais plástico nenhum em até dois anos.

LEIA TAMBÉM:

Além das medidas apresentadas acima, a LV pretende “eliminar o uso de combustíveis fósseis sempre que possível”, já que possuem altos níveis de carbono, “trabalhar com parceiros e patrocinadores para atingir objetivos de sustentabilidade compartilhados”, e até mesmo devem buscar que seus “escritórios e locais de eventos sejam lixo zero e alcancem uma taxa de recuperação de material de 50% (ou maior) até 2030”.

Ainda em 2019, a marca deve testar garrafas de água à base de plantas por toda a Europa e, caso seja eficaz, devem implementar a prática em escala global. Segundo declaração do CEO, Michael Rapino, ao site da empresa, a Live Nation realiza cerca de 35 mil eventos em geral durante o ano e “tem a oportunidade e a responsabilidade de fornecer aos artistas e fãs uma experiência que proteja o planeta”.

A sustentabilidade é uma tendência cada vez mais em alta no mundo, e com os festivais de música não tem sido diferente. Outro grande exemplo é o DGTL, que tanto na gringa quanto no Brasil, além de evitar o plástico, não serve alimentos de origem animal.

Ultra é o festival mais transformador desde o Woodstock, diz pesquisa

Estudo da Cloud Cover Music analisou as preferências de frequentadores de festivais de música

Uma pesquisa encomendada pela companhia americana de music branding Cloud Cover Music revelou que o Ultra Music Festival é o evento mais transformador para as pessoas desde o Woodstock — clássico festival de rock dos anos 60, que está prestes a ser relançado.

O estudo foi feito com uma amostra de 665 pessoas, que tinham que responder quais festivais de música frequentaram, e destes, quais foram “life-changing experiences”, isto é, experiências transformadoras. Em primeiro lugar está o Woodstock, que, para 82,4% dos seus frequentadores, foi transformador (entretanto, apenas 17 dos 665 participantes da pesquisa estiveram nele).

Em segundo lugar, temos o UMF, que foi considerado uma experiência transformadora por 78,4% dos participantes. Logo na sequência, temos EDC (74,5%), Burning Man (73,4%), Austin City Limits (66,1%), Coachella (63,0%) Lollapalooza (56,6%), Bonnaroo (55,8%), SXSW (54,7%) e Warped Tour (43,8%).

Foto: Cloud Cover Music/Reprodução

A pesquisa ainda analisou quais as cinco atrações mais marcantes (respectivamente, Red Hot Chili Peppers, Jane’s Addiction, Kendrick Lamar, Beyoncé e Tiësto) e fatores como substâncias entorpecentes consumidas, comportamento e diferenças entre as décadas.

O Burning Man, por exemplo, mostrou-se ser o festival com o maior consumo de álcool e drogas (45%), assim como foi considerado tanto o melhor evento para se fazer novos amigos, como o que traz a pior qualidade musical.

Você pode conferir a pesquisa na íntegra no site da Cloud Cover Music.

“Coachella Opening” é mais uma inédita da super coletânea de Jean-Michel Jarre

Faixa fará parte de “Planet Jarre”, que celebra os 50 anos da trajetória do músico

Depois de “Herbalizer”, o pioneiro Jean-Michel Jarre revelou ao mundo “Coachella Opening” — faixa que, como o nome sugere, foi composta por ele para abrir o seu show no Coachella neste ano.

A música traz a identidade marcante de Jarre, com seus synths arpeggiados e clima espacial e épico. Como falamos na semana passada, a música é uma das quatro inéditas que farão parte da super coletânea Planet Jarre, que celebra e resume os 50 anos da trajetória do artista em 41 faixas. “Music for Supermakers (Demo Excerpt)” e “AOR BLEU” são as outras duas que ainda não foram lançadas.

+ Para celebrar 50 anos de carreira, Jean-Michel Jarre terá super coletânea

Confira o cronograma para o segundo final de semana do Coachella 2018

Festival repete a dose entre a sexta-feira, 20, e o domingo, 22

A produção do Coachella divulgou ontem (18) o cronograma de atrações do seu segundo final de semana. O time de atrações é o mesmo que se apresentou na semana passada — há apenas algumas alterações de datas e horários em relação à primeira tabela.

 

Para quem quer acompanhar pela internet, o festival segue com sua transmissão ao vivo de quase cem shows pelo seu canal no YouTube — incluindo a nova opção deste ano, em realidade virtual.

LEIA TAMBÉM:

ODESZA surpreende com “balé de drones” no Coachella

Coachella divulga cronograma de horários do primeiro final de semana

ODESZA surpreende com “balé de drones” no Coachella

Ideia foi desenvolvida por austríaco e começa a ser aderida em grandes shows e festivais

Até este momento, o Coachella não divulgou nenhum show do seu primeiro fim de semana, e tem se esforçado para apagar todas as postagens feitas por terceiros — e por isso, não temos como conferir nenhum dos sets ou live acts dos artistas por enquanto.

Mas algo muito especial foi registrado e postado na página do Festival Squad, que faz cobertura de alguns dos principais festivais do planeta. Em sua apresentação no domingo, o duo ODESZA investiu no que parece ser uma nova onda no campo audiovisual: um “balé de drones”, que confere um efeito visual muito bacana. No caso, os drones foram controlados para lentamente formar o logotipo da dupla.

Confira também em outro vídeo, upado no canal de JoanJetsetter no YouTube:

A ideia do show de drones foi desenvolvida em 2012 pelo austríaco Horst Hörtner e já foi vinha sendo executada em outros eventos — inclusive no último Rock in Rio. Relembre a história nas reportagens da TV Globo:

https://www.youtube.com/watch?v=VElTqGBYSik

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias sobre o Coachella

Coachella divulga cronograma de horários

Fãs já lamentam os inevitáveis conflitos de horários entre seus artistas favoritos

Às vésperas do seu primeiro final de semana, o Coachella divulgou hoje (11) o cronograma de horários de shows. Com tantos palcos e artistas importantes, os fãs naturalmente já estão lamentando os conflitos de atrações que tocam ao mesmo tempo, como Jean-Michel Jarre, Soulwax, Maceo Plex e Alison Wonderland, ou Jamiroquai, The Weeknd e REZZ.

Confira o cronograma do primeiro fim de semana, em todos os palcos do festival:

+ Coachella terá opção de streaming em realidade virtual

Coachella terá opção de streaming em realidade virtual

Festival rola nos dois próximos finais de semana  

Além dos três canais que usualmente transmitem os shows ao vivo pelos palcos do Coachella, o festival que começa nesta sexta-feira anunciou uma novidade para a transmissão deste ano: um canal em realidade virtual, com rotação de até 180 graus.

Compatível com qualquer óculos de realidade virtual, o canal funcionará durante o final de semana inteiro, com gravações em tempo real do palco principal e do Sahara. A transmissão poderá ser acompanhada pelo canal do Coachella no YouTube, que até este momento divulgou os nomes de 77 artistas que terão seus shows em live streaming — incluindo Jean-Michel Jarre, Kygo, Alan Walker, MØ, Odesza, Illenium, The Weeknd, Alison Wonderland, REZZ, San Holo e Deorro.

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias sobre o Coachella

Coachella terá drones para ajudar a previnir ataques

Depois do tiroteio em Vegas, os festivais americanos têm redobrado os cuidados com segurança

Depois que Stephen Paddock abriu fogo contra a plateia do Route 91 Harvest Festival, em Las Vegas, realizando o tiroteio em massa mais letal da história dos Estados Unidos, os festivais que se passam no país têm redobrado os cuidados para evitar atentados semelhantes.

No Ultra, como já vimos, a segurança foi reforçada com direito a equipe da SWAT, helicópteros e atiradores de elite fazendo vigia nos arranha-céus. O resultado foi efetivo, com a polícia de Miami considerando essa edição a mais segura de todos os tempos. O Coachella irá ainda mais longe. Além de todos os procedimentos de segurança padrão, a estratégia de reforço inclui vigia a partir do uso de drones, que irão rastrear pessoas, movimentos e objetos suspeitos, conforme reportou o TMZ.

A equipe de segurança do festival está sendo treinada para identificar problemas e deve fazer de tudo para evitar uma tragédia, mas medidas médicas também estão sendo tomadas pensando no pior cenário, com unidades de primeiros socorros equipadas com torniquetes e outros itens que ajudam a conter hemorragias. Ainda segundo o TMZ, nenhuma ameaça foi detectada para este Coachella — a movimentação é, de fato, por excesso de cautela.

Coachella Valley Music and Arts Festival acontece dos dias 13 a 15 e 20 a 22 de abril, com grandes atrações como KygoSoulwax e ODESZA.

CONFIRA TAMBÉM:

Mesmo na Califórnia, Coachella não permite maconha no festival

Confira o lineup completo do Coachella para 2018

Ultra 2018 foi o mais seguro de todos os tempos, diz polícia

Mesmo na Califórnia, Coachella não permite maconha no festival

O festival é localizado na cidade de Indio, que mesmo fazendo parte da Califórnia, proíbe o consumo recreativo da erva em seu território

Nos Estados Unidos, diferentemente do Brasil, cada Estado pode criar leis diferentes da legislação federal, e este é o caso com a legalização da maconha. A Califórnia é um dos Estados que, no final de 2016, liberou o consumo recreativo e medicinal da erva, mas parece que o Coachella ainda não “liberou geral”.

Isso porque o festival rola na cidade de Indio, que apesar da liberação estadual proíbe em seu território a venda, o cultivo e a distribuição para usos recreativos.

Como destacou o TMZ, a seção de FAQ do site do festival traz o questionamento: “Ei, como a maconha é legal agora, isso significa que eu posso usá-la no Coachella, certo?”, para o qual a resposta foi: “Desculpe, amigo. A maconha ou produtos de maconha não são permitidos no festival. Mesmo em 2018 e nos próximos anos. Se isso mudar, atualizaremos esta resposta”.

O Coachella Valley Music and Arts Festival acontece em dois fins de semana, dos dias 13 a 15 e 20 a 22 de abril, com grandes atrações como Kygo, Soulwax e ODESZA.

LEIA TAMBÉM:

Confira o lineup completo do Coachella para 2018

Com The xx, organizadores do Coachella lançam novo festival em Londres

Frequentadores do Coachella poderão se esbaldar com “oasis de maconha”

Coachella divulga lineup completo para 2018

Festival rola em abril, e traz diversas atrações da dance music, como Kygo, Alan Walker, Joseph Capriati, Alison Wonderland, Jean-Michel Jarre e Chic

O Coachella anunciou seu lineup completo para esta temporada. O tradicionalíssimo festival, que rola em Indio, na Califórnia, terá como headliners The Weeknd (dias 13 e 20 de abril), Beyoncé (14 e 21 de abril) e Eminem (15 e 22 de abril). A eles, somam-se outras grandes atrações, como Kelela, HAIM, Fleet Foxes, David Byrne, St. Vincent, alt-J e Tyler, the Creator.

Pelo lado da dance music e das sonoridades eletrônicas, o evento estará mais uma vez bem representado, com nomes como Jamiroquai, Jean-Michel Jarre, Chic com Nile Rodgers, Soulwax, Kygo, Deorro, Maceo Plex, Alan Walker, Joseph Capriati, Chris Liebing, San Holo, Alison Wonderland, REZZ, Justin Martin, Chromeo, ODESZA, Illenium e Omar-S.

Confira o lineup:

Coachella 2018

LEIA TAMBÉM:

Coachella anuncia datas de 2018 e terá Beyoncé como headliner

Com The xx, organizadores do Coachella lançam novo festival em Londres

Faixa do ano? Jamie xx se supera em novo edit para The xx

Frequentadores do Coachella poderão se esbaldar com “oasis de maconha”

Seria este o Coachella mais dançante de todos os tempos?

Com The xx, organizadores do Coachella lançam novo festival em Londres

Entre o final de maio e o início de junho de 2018 vai rolar em Londres o All Points East, festival realizado pelos mesmos organizadores do consagradíssimo Coachella.

Durante dez dias, diversas atrações vão pintar no Victoria Park — incluindo, além de muita música, shows de comédia, atrações gastronômicas e um cinema ao ar livre.

Por enquanto, na esteira musical, já foram confirmadas as bandas The xx, Popcaan e Lykke Li para o dia 26 de maio, e The National, The War On Drugs e Future Islands para o dia 2 de junho.

A impressão, até o momento, é de se tratar de um festival com uma proposta um pouco diferente da do Coachella, com um lineup mais voltado ao rock alternativo e suas misturas eletrônicas mais experimentais.

Os ingressos já estão disponíveis para o dia 26 de maio (aqui) e para o dia 02 de junho (aqui).

LEIA TAMBÉM:

Coachella anuncia datas de 2018 e terá Beyoncé como headliner

Assista Richie Hawtin debutando seu novo projeto no Coachella

Homem é preso com mais de 100 celulares no Coachella

Faixa do ano? Jamie xx se supera em novo edit para The xx

Aclamada banda britânica, The xx revela planos para produzir techno

Coachella anuncia datas de 2018 e terá Beyoncé como headliner

O Coachella Valley Music & Arts Festival anunciou recentemente as datas da sua edição de 2018. No ano que vem, o festival ocorrerá entre os dias 13 e 15, e 20 e 22 de abril, no mesmo local de sempre: Indio, nos Estados Unidos.

Um dia depois do anúncio, o festival confirmou a sua primeira atração: Beyoncé. A cantora seria atração neste ano, porém teve que adiar sua performance no evento por causa da gravidez. O restante do lineup, que certamente contará com centenas de renomes da música, ainda não tem divulgação prevista.

Neste ano, a edição do Coachella contou com performances de nomes eletrônicos como Martin Garrix, Porter Robinson, Madeon, Galantis e Richie Hawtin. Outros destaques foram atrações como Radiohead, Lady Gaga e Kendrick Lamar.

Já é possível comprar ingressos antecipados através do site oficial.

+ Assista a Richie Hawtin debutando seu novo projeto no Coachella

+ Frequentadores do Coachella poderão se esbaldar com “oasis de maconha”

Martin Garrix estreia música nova com Troye Sivan na segunda semana do Coachella

Martin Garrix, atual DJ número #1 do mundo pela revista britânica DJ Mag, estreou uma música nova na segunda semana do Coachella deste ano, que ocorreu nos dias 21, 22 e 23 de abril, na cidade de Indio, na Califórnia, Estados Unidos. A canção, intitulada ‘There for You’, possui a colaboração do cantor e compositor Troye Sivan.

Disponível para ouvir no final desta matéria, em um vídeo feito por um fã, a música foi cantada ao vivo na performance do DJ. Segunda vez que Martin Garrix se apresenta no Coachella 2017, o astro já havia estreado uma canção na primeira semana do festival.

Confira o novo som:

https://youtu.be/LcDYWikYpaI

Faça parte da maior plataforma de música eletrônica do Brasil! Curta nossa página no Facebookinscreva-se em nossa newsletter.

Martin Garrix exibe mansão de 5 milhões de dólares em que ficou hospedado durante o Coachella 2017

O DJ e produtor holandês Martin Garrix, atual DJ número #1 do mundo pela revista britânica DJ Mag, hospedou-se numa mansão de 5 milhões de dólares, de aproximadamente 360 metros quadrados, durante o Coachella deste ano. O astro, que se apresentou no festival no sábado (15), compartilhou uma foto curtindo esse momento no Instagram.

No final desta matéria, além do registro na rede social, nota-se algumas fotos da luxuosa mansão, que dispensa qualquer tipo de comentário mediano. Conforme Martin Garrix descreveu em sua foto compartilhada na internet, quem ofereceu a ele esse conforto foi a empresa norte-americana Airbnb.

View this post on Instagram

WOOO! Thanks to @Airbnb for putting us up!

A post shared by Martin Garrix (@martingarrix) on

Faça parte da maior plataforma de música eletrônica do Brasil! Curta nossa página no Facebookinscreva-se em nossa newsletter.

Homem é preso com mais de 100 celulares no Coachella

No último final de semana aconteceu em Indio, na Califórnia-EUA, o aclamado Coachella, um dos maiores festivais multigêneros do mundo, e um problema que recorrente acontece em grandes eventos apareceu nessa edição: roubos e furtos.

Um rapaz chamado Reinaldo de Jesus Henao teve sua mochila revistada e, para surpresa dos policiais, foram encontrados mais de 100 aparelhos celulares. As vitimas conseguiram reencontrar os aparelhos através do aplicativo “Find My Iphone”, que levou as buscas para o homem de 36 anos.

Todos os aparelhos foram devolvidos aos donos. Reinaldo de Jesus foi preso, mas pagou fiança de 10 mil dólares, foi liberado e retornará ao tribunal no dia 26 de maio.

Faça parte da maior plataforma de música eletrônica do Brasil! Curta nossa página no Facebookinscreva-se em nossa newsletter.

Ouça algumas das principais performances eletrônicas da primeira semana do Coachella 2017

No último fim de semana, nos dias 14, 15 e 16, ocorreu a primeira parte do festival norte-americano Coachella, na cidade de Indio, na Califórnia. Nessa edição, diversos artistas se apresentaram, incluindo nomes de peso do cenário eletrônico, como Steve Angello, Galantis, Dillon Francis, Martin Garrix, Richie Hawtin, Marshmello e Porter Robinson & Madeon.

Os shows, muitos deles transmitidos ao vivo pela internet, surpreenderam não apenas quem estava presente na festa, mas também muitos fãs que os acompanharam do sofá da sala de estar.

Steve Angello, por exemplo, realizou uma performance repleta de IDs. Martin Garrix apresentou seus novos lançamentos, bem como também estreou uma canção. E Porter Robinson & Madeon abrilhantaram o último dia da primeira semana do evento.

Abaixo, confira essas e outras performances eletrônicas da primeira semana do Coachella deste ano.

Porter Robinson & Madeon

Marshmello

DJ Snake

Martin Garrix

Richie Hawtin

The XX

Dillon Francis

Steve Angello

Kungs

Big Gigantic

SNBRN

Gryffin

Mura Masa

Faça parte da maior plataforma de música eletrônica do Brasil! Curta nossa página no Facebookinscreva-se em nossa newsletter.

Coachella divulga lista de performances que serão transmitidas ao vivo pela internet; veja

O grandioso festival norte-americano Coachella, que ocorrerá neste ano em dois fins de semana, entre os dias 14 e 16, e 21 e 23 de abril, na cidade de Indio, na Califórnia, revelou a lista de atrações que terão suas performances transmitidas ao vivo pela internet.

O evento, que apresentará mais de 150 artistas, incluindo grandes nomes do cenário do rock, indie e hip hop, como Radiohead, Lady Gaga, The XX, Kendrick Lamar, Future e Justice, terá nomes eletrônicos como Dixon, Galantis, Marshmello, Martin Garrix, Solomun e Steve Angello.

A lista, que pode ser conferida abaixo, apresenta detalhes da transmissão, bem como os canais (entre parênteses) e os horários (de acordo com o de Brasília) em que as performances serão exibidas aqui.

Sexta-feira, 14 de abril:

21:00 – Bonobo (1)
23:20 – Big Gigantic (3)
23:40 – Banks (2)
00:10 – Crystal Castles (3)
00:30 – Richie Hawtin (2)
00:45 – Phantogram (1)
01:30 – Jagwar Ma (2)
01:35 – The xx (1)
01:55 – Steve Angello (3)
02:20 – DJ Shadow (2)
02:55 – Empire of the Sun (3)
03:50 – Dillon Francis (3)

Sábado, 15 de abril:

20:20 – Shura (3)
21:00 – Banks & Steelz (3)
21:45 – Autograf (3)
22:35 – Little Dragon (3)
23:25 – Mura Masa (3)
00:05 – Moderat (2)
00:15 – Gryffin (3)
01:55 – Tycho (2)
02:00 – Röyksopp (3)
02:15 – Bon Iver (1)
02:45 – DJ Snake (2)
02:55 – Martin Garrix (3)
04:05 – Classix (3)

Domingo, 16 de abril:

20:15 – Anna Lunoe (3)
21:15 – Goldlink (2)
21:15 – NAO (3)
22:10 – Jack Garratt (2)
22:55 – Kaytranada (3)
23:00 – Kiiara (2)
23:20 – Future Islands (1)
23:55 – Tove Lo (2)
00:15 – Porter Robinson & Madeon (1)
00:40 – Hans Zimmer (2)
01:00 – Galantis (3)
01:20 – Lorde (1)
01:45 – Justice (3)
03:05 – Marshmello (3)

Faça parte da maior plataforma de música eletrônica do Brasil! Curta nossa página no Facebookinscreva-se em nossa newsletter.

Coachella divulga line-up com divisão por palcos

O festival norte-americano Coachella, que está prestes a dar boas-vindas neste ano, na sexta-feira (14), divulgou seu line-up com divisão por palcos, sendo eles chamados de Coachella Stage, Outdoor Theatre, Mojave, Gobi, Sahara, Sonora e Yuma.

O evento, que ocorrerá em dois fins de semana, nos dias 14, 15, 16, 21, 22 e 23 de abril, apresentará mais de 150 artistas, incluindo de música eletrônica. Como pode ser observado no line-up disponível no final desta matéria, entre as principais atrações estão Steve Angello, Lady Gaga, Kendrick Lamar, Martin Garrix, Radiohead e Solomun.

Neste ano, conforme informamos recentemente, o evento será transmitido ao vivo pela internet e contará com novidades, como exibição de performances em 360º. Abaixo, confira o line-up e aguarde por mais novidades envolvendo a transmissão.

Faça parte da maior plataforma de música eletrônica do Brasil! Curta nossa página no Facebookinscreva-se em nossa newsletter.

Coachella será transmitido ao vivo pela internet

O festival Coachella, que ocorrerá neste ano durante dois fins de semana, entre os dias 14 e 16, e 21 e 23 de abril, na cidade de Indio, na Califórnia, Estados Unidos, será transmitido ao vivo pela internet. Nessa edição, de acordo com organizadores, haverá também exibição de performances em 360º.

Um evento que apresentará mais de 150 artistas, o Coachella conta em seu line-up com nomes como Radiohead, Lady Gaga, Kendrick Lamar, The XX, Future, Bon Iver, Lorde e Justice.

Além de atrações renomadas do rock, indie e hip hop, se apresentarão também no festival DJs como Martin Garrix, Steve Angello, Richie Hawtin, Dillon Francis, DJ Snake, Solomun, Marshmello, Galantis, Tale Of Us e Porter Robinson & Madeon.

A transmissão do festival poderá ser assistida aqui (http://live.coachella.com/).

Faça parte da maior plataforma de música eletrônica do Brasil! Curta nossa página no Facebookinscreva-se em nossa newsletter.

Frequentadores do Coachella poderão se esbaldar com “oasis de maconha”

Os frequentadores do próximo Coachella, na cidade de Indio, Califórnia, poderão participar de um “oasis de maconha”, segundo o TMZ. A iniciativa está sendo organizada pela companhia Talent Resources em conjunto com a Weedmaps — a primeira marca focada em tecnologia para maconha no mundo.

O tal oasis da chapação se dará a cerca de dez quilômetros de distância do festival. O público selecionado pelas empresas poderá entrar no local e se esbaldar com uma feira de ervas e outros produtos relacionados ao consumo da droga — tudo de graça. Embora limitado, o uso recreativo da maconha é legalizado no Estado da Califórnia.

Faça parte da maior plataforma de música eletrônica do Brasil! Curta nossa página no Facebookinscreva-se em nossa newsletter.