Major Lazer e Anitta lançam clipe para “Make It Hot”

Lançado nessa quarta-feira, o vídeo foi gravado na Costa Rica

Major Lazer e Anitta soltaram nessa quarta-feira o videoclipe para “Make It Hot” — nova collab entre o trio americano e a cantora brasileira, lançada na semana passada. Com direção do sérvio Jovan Todorovic, o vídeo foi gravado na Costa Rica (conforme você já tinha visto aqui), em parceria com a marca de rum Bacardi.

Como seria de se esperar, Anitta, que canta em espanhol, é a grande estrela do clipe, enquanto Diplo, Walshy Fire e Ape Drums (que substituiu Jillionaire recentemente no grupo) aparecem mais de canto em diversas cenas.

Confira:

LEIA TAMBÉM:

Diplo receberá Anitta em festa na Pacha

Dupla deve lançar novo videoclipe em breve

A Pacha Ibiza anunciou uma festa inusitada para o dia 30 de julho: um show de Diplo recebendo Anitta como convidada especial — o DJ residente Sergio Vicedo fecha o lineup.

Mais detalhes não foram revelados até este momento, mas o timing é curioso, haja vista que na última semana, Diplo e Anitta divulgaram fotos da gravação de um novo videoclipe na Costa Rica. Especula-se que seja para a sucessora de “Sua Cara”: uma música chamada “Make It Hot”, do Major Lazer com a diva brasileira, que não tem previsão para ser lançada.

Na última sexta-feira, o Major Lazer lançou “Can’t Take It From Me”, single que estará presente em seu último álbum — relembre aqui.

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias sobre o Diplo

O começo do fim: Major Lazer lança single de último álbum

“Can’t Take It From Me” traz o vocal de Skip Marley

O Major Lazer soltou na última sexta-feira “Can’t Take It From Me”, novo single com a participação de Skip Marley, neto do Bob Marley. O som fará parte do quarto álbum de estúdio do trio, que deve chegar neste ano, e ainda não teve seus detalhes revelados. Entretanto, segundo declaração do próprio Diplo à Complex no ano passado, este será o último trabalho do projeto.

Especula-se que o disco será chamado Music Is My Weapon, e contará com sucessos lançados nos últimos anos, como “Cold Water”, “Head Up High”, “Run Up” e “Believer”. Nada oficial, entretanto, foi divulgado pelo grupo.

+ Major Lazer comemora 10 anos com coletânea pesada

Carnaval e música eletrônica: uma combinação perfeita?

A cada ano, a música eletrônica vai provando sua popularidade ao se infiltrar na mais brasileira das festas

* Por Danilo Bencke
* Edição e revisão: Flávio Lerner

Há tempos que as marchinhas de Carnaval estão fora de moda. Dançar com o dedinho para o alto ao som de “mamãe eu quero mamar” ou “a pipa do vovô não sobe mais” é definitivamente algo que os jovens não fazem hoje em dia. Durante um tempo, o axé preencheu esse espaço vazio deixado, mas isso parece estar mudando de novo.

Cada vez mais a música eletrônica vem ganhando espaço nessa época. O que começou como resistência, como o Festival Soulvision, que acontece esse ano em Altinopólis entre 1º e 05 de março, agora atinge diretamente o mainstream do Carnaval, os trios elétricos de Salvador. Entre eles, um bloco puxado por ninguém menos que o Major Lazer, além do Bloco Sollares, que neste ano trará FISHER e Chemical Surf.

+ 10 super dicas para um Carnaval com muita música eletrônica

Até aí nenhuma grande novidade, já que o próprio Alok já movimentou mais de 100 mil pessoas em um carnaval de rua em Curitiba, que contou também com ILLUSIONIZE e os DJs curitibanos Rafael Araújo e SoundCloup. É possível dizer que foi uma porta de entrada para esse tipo de eventos na cidade, que neste ano teve a CarnaVibe apresentando alguns dos melhores DJs do país, como Renato Ratier, Gustavo Motta, Gabriel Boni e Victor Ruiz.

As grandes capitais não estão de fora dessa onda. Na verdade, no Rio de Janeiro o carnaval eletrônico já virou tradição com o Rio Music Carnival, que neste ano chega a sua décima primeira edição, trazendo nomes de peso como DJ Snake, FISHER e CamelPhat, além dos super badalados Vintage Culture e Cat Dealers. São Paulo também não fica para trás, seja no Carnaval de rua, com blocos como o Unidos do BPM e o Frita Comigo, ou em eventos como o Ame Laroc Festival, que conta com os renomados produtores Dubfire, Hot Since 82 e Seth Troxler, entre muitos outros.

+ Alphabeat lança compilação para celebrar o Carnaval

Quem busca uma festa à beira-mar, com piscina e clima do verão, não pode deixar de aproveitar o Carnaval eletrônico 2019 do P12 Parador Internacional, na Praia de Jurerê Internacional, em Florianópolis. Com eventos confirmados do Só Track Boa e Brazil Carnival, esse é um destino certo para os amantes da música eletrônica, que possui ainda nos arredores os super clubs Green Valley e Warung, que, como de costume, também possuem programação especial no feriado.

Todavia, não são apenas os eventos carnavalescos que estão cada vez mais voltando para o eletrônico; os grandes artistas pop do momento também estão mais envolvidos com a cena. Por exemplo, a grande artista pop do momento Anitta, já tinha feito uma parceria com o duo Tropkillaz em “Vai Malandra”, e agora repete a dose com “Bola Rebola”, além de outra parceria, desta vez com o duo Jetlag, em uma versão eletrônica da música “Zé do Caroço”. Até artistas exclusivos do axé, como o cantor Léo Santana, estão apostando na música eletrônica para o Carnaval. O artista fez uma parceria com a DJ Thascya em “Que seja com você”.

Em suma, o Carnaval eletrônico tem cada vez mais se espalhado pelo país e vem ganhando mais adeptos a cada ano. Seja nos grandes eventos ou com grandes artistas, a moda está começando a pegar. De fato, o sentimento da tradicional festa brasileira se funde bem com o velho conceito de PLUR (Peace, Love, Unity and Respect — paz, amor, unidade e respeito). Então, good vibes aos foliões da música eletrônica!

Danilo Bencke assina a coluna da AIMEC na Phouse.

10 super dicas para um Carnaval com muita música eletrônica

Grandes astros nacionais e internacionais estarão espalhados pelo país

Com o Carnaval batendo à porta, demos uma revisada em nossas publicações anteriores e em mais alguns eventos bacanas que vão rolar neste ano. São tantas opções e tantas atrações de peso que foi difícil escolher apenas dez — sim, demos um “migué” pra incluir mais de um evento por tópico. Mas não é à toa, já que este, possivelmente, é o Carnaval brasileiro com mais opções para os fãs de música eletrônica dos últimos anos.

Duvida? Então saca só:

1 – Carnaval de Salvador

Alok doa cachê Pipoca do Alok
Foto: Alisson Demétrio/Reprodução

Começamos com uma das capitais desta que é a mais brasileira de todas as festas. Em Salvador, neste ano, teremos nada menos que o primeiro Bloco Sollares (com FISHER e Chemical Surf, no dia 05 de março; leia mais aqui) e trios elétricos puxados por Alok (em 02 de março, repetindo a experiência de 2018; leia mais aqui) e Major Lazer (que ainda contará com Tropkillaz e ÀTTØØXXÁ, também no dia 02; leia mais aqui).

Além deles, o sempre concorrido Camarote Salvador — que rola entre 28 de fevereiro e 05 de março — terá grandes atrações voltadas ao nosso universo, como DJ Snake, Diplo, Alok, Alan Walker, CamelPhat, Claptone, Steve Aoki, Mark Ursa, Chemical Surf, Goldfish, Gabriel Boni, André Pulse, Öwnboss, Camila Peixoto, Future Class, Bruno Be, Rafael Diafentaler, Anndrey Mansur, Zerb, Breno Rocha, Make U Sweat, Marina Diniz, Victor Lou, Kesia, Thiago Mansur, Cool Keedz e Old Boys.

2 – Carnaval Green Valley

Carnaval Green Valley
Foto: Diego Jarschel/Divulgação

O Green Valley nunca deixa de fazer a sua própria versão das principais datas comemorativas celebradas no país — e com o Carnaval obviamente não seria diferente. A casa de Camboriú vai abrir nos dias 02 e 04, trazendo 29 atrações nacionais e internacionais, de estilos variados.

Vintage Culture, Claptone e FISHER são os headliners neste ano, com outras atrações do naipe de LOthief, Volkoder, Gabriel Boni, Oliver Giacamoto, Devochka, Tube & Berger, Fabrício Peçanha, Ashibah, Skazi e Mandragora. Leia mais aqui.

3 – Sunflower 2019

Sunflower 2019
Foto: Divulgação

A terceira edição do “Carnaval do amor” retorna ao Mirante Beagá, em Belo Horizonte, no dia 03 de março. Alan Walker, FISHER, Vintage Culture, Bruno Be, Dubdogz, Groove Delight, LOthief e RDT são as atrações. Leia mais aqui.

4 – Blocos em São Paulo

Se São Paulo pode não ser a cidade mais tradicional em termos de Carnaval, em termos de música eletrônica ela está no topo. E com nada menos que 580 blocos programados para rolar pela capital, destacamos de uma só vez alguns dos principais, que trazem grandes DJs no comando do som.

Pela primeira vez com um trio elétrico próprio, o Unidos do BPM vai partir da Praça da Sé, às 16h do dia 02 de março, com Tessuto, Ella De Vuono, Paco Talocchi, DJ Mau Mau e Rafael Moraes. Haverá ainda nova edição do Unidos em Brasília (leia mais aqui).

Outro já tradicional bloco da capital é o D.RRETE, do D-EDGE, que vai receber, entre os dias 03 e 05, nomes como Alex Justino, BLANCAh, Andre Salata e Renato Ratier. Nos três dias, a partir das 21h, o clube recebe os clubbers foliões com atrações de peso — como Afrika Bambaataa, Lewis Fautzi e B.Traits — em seus afters (leia mais aqui).

Quem também está organizando seus rolês pela cidade é o DJ Dre Guazzelli, que comanda dois blocos no Carnaval paulistano: o Bloco Dre Carnaval, que sai da Avenida Faria Lima com a Rua Ministro Jesuíno Cardoso no dia 04 de março, a partir das 14h, em parceria com a Riachuelo e com participação do trio Seja Você, Seja Feliz (usado por diversos artistas em Salvador) e do Gabriel Boni (leia mais aqui); e o do dia 09 de março, quando o Carnaval já dá uma baixada na poeira, e Dre se apresenta com o Bloco Dre Tarde — a versão carnavalesca da sua festa Sábado Dre Tarde.

A reunião começa às 15h, na frente do bar Pirajá (também na Faria Lima), e às 17h o bloco começa sua andança em direção ao Largo da Batata. Desta vez, o DJ se apresenta em formato “all day long”, acompanho por Salazar no Sax, Cleyton no violino e Kafé no vocal (leia mais aqui).

“Quero fazer com que meus blocos tragam momentos de muita felicidade e desperte os melhores sentimentos nas pessoas que vão curtir meu som. Paz, amor e muita música! Preparem-se!”, declarou o DJ. “Vamos amar sem rotular. Vamos espalhar sorrisos. Vamos nos divertir. Separe sua fantasia, leve consigo toda sua alegria e curta os nossos blocos com responsabilidade.”

5 – Ame Laroc Festival

Laroc Ame
Foto: Divulgação

O maior clube de música eletrônica de Valinhos e seu recém-nascido irmão techneiro juntam-se no primeiro Ame Laroc Festival, que rola durante três dias — 02, 03 e 04 de março —, com passagem pelas duas casas e mais de 30 atrações.

Os headliners são Alan Walker, CamelPhat, Diplo, DJ Snake, Dubfire, Hot Since 82 e Seth Troxler, mas ainda há diversos nomes nacionais, entre mainstream e underground, escalados. Leia mais aqui.

6 – Carnaval Warung 2019

Foto: Ebraim Martini/Divulgação

A exemplo do Green Valley, o Warung também vai soltar a folia nos dias 02 e 04 de março. No dia 02, a pista Inside será comandada por Dubfire, que ainda traz o parceiro de SCI + TEC, o DJ Lancaster, além dos brasileiros Boghosian e Fran Bortolossi. Já a pista Garden terá assinatura do selo espanhol Rumors, de Guy Gerber. O próprio Gerber comandará o espaço, junto com Lauren Lane, Bill Patrick, Leozinho e Conti&Mandy.

No dia 04, Hot Since 82, B.Traits, Renato Ratier e Mezomo tomam conta do Inside, enquanto Seth Troxler, Dyed Soundorom (membro do Apollonia) e Albuquerque ficam encarregados pela assinatura sonora do Garden (que desta vez leva a curadoria do selo catalão Brunch in the Park).

7 – Rio Music Carnival

Rio Music Carnival 2018
Foto: Allan Vilela/Divulgação

Obviamente o Rio de Janeiro não poderia ficar de fora dessa lista. Repetindo o feito dos últimos anos — mas agora desvinculado do BRMC —, o Rio Music Carnival traz, entre os dias 1º e 05 de março, na Marina da Glória, DJ Snake, CamelPhat, FISHER, Cat Dealers, Vintage Culture, Barja, Gabriel Boni, KVSH, ILLUSIONIZE, Gabe, FTampa, Ghostt e o Dennis DJ como headliners. Confira a programação completa:

1º de março: Vintage Culture, Chemical Surf, RDT, Meca

02 de março: Love Sessions com Barja, FTAMPA, Gabe, Gabriel Boni, Ghostt, ILLUSIONIZE e KVSH.

03 de março: Baile do Dennis com Dennis DJ, Kevin o Chris, MC G15, Delano, Neblina e Buchecha

04 de março: DJ Snake, GoldFish, Pontifexx, Dubdogz e DaKid

05 de março: Rio Me com FISHER,  CamelPhat, Cat Dealers e Leo Janeiro

8 – Bloco do Tropkillaz

Bloco do Tropkillaz
Foto: Reprodução

Ainda no Rio, o Tropkillaz também comandará seu próprio bloco. O chamado “Bloco do Tropkillaz: Bola, Rebola” vai partir dos pilotis e jardins do Museu de Arte Moderna da capital no dia 04 de março.

Omulu, Heavt Baile, Batekoo & Deize Tigrona, Wobble DJs (Marginal Men B2B Rodrigo S), Diana Bouth, M$E & JXNVS, Digital Dubs, Glau, Bia Marques, DJ Molla, TSFN e Totonete são as atrações já reveladas. Leia mais aqui.

9 – Fields Eletro Carnival

Foto: Reprodução

A Fields, no centro de Florianópolis, terá três dias de festa para celebrar este Carnaval, sendo que o primeiro, em 1º de março, será 100% voltado à música eletrônica. A label Fields Eletro Carnival traz grandes nomes nacionais em seu line: DJ Glen, Fabrício Peçanha, Bruno Furlan e Juliano Machado. A casa abre às 23h.

10 – DJ Snake no P12

DJ Snake no Carnaval
Foto: Reprodução

Snake, como você já tinha lido aqui, é uma das super atrações deste Carnaval brasileiro. Além dos rolês citados acima, o astro francês também é o headliner da festa no Parador 12, dia 03 de março. Os DJs Dyve, André Maran, Pinho Menezes e Du Oliveira completam o lineup da casa de Jurerê Internacional, que funciona das 11h às 22h.

Trio sem cordas em Salvador terá Major Lazer e Tropkillaz

Grupo ÀTTØØXXÁ, que mistura ritmos brasileiros e música eletrônica, também estará no rolê

Foi revelado o trio elétrico que contará com a presença de Diplo em Salvador, conforme a Phouse adiantou com exclusividade no último dia 1º. Inicialmente programado para vir solo, o americano será acompanhado de Walshy Fire e Jillionaire, seus parceiros de Major Lazer. Além do grupo, o bloco também terá a presença do Tropkillaz e dos locais do ÀTTØØXXÁ, banda que mistura ritmos brasileiros com a música eletrônica.

Produzido pela MAP Brasil, agência de talentos que tem Anitta em seu roster de artistas, o trio será sem cordas — ou seja, com livre acesso para todo o público —, e percorrerá o Circuito Dodô (Barra–Ondina) no dia 02 de março, sábado de Carnaval.

+ EXCLUSIVO: Diplo puxará trio elétrico no Carnaval de Salvador

Major Lazer comemora 10 anos com coletânea pesada

“Major Lazer Essentials” traz 25 faixas memoráveis do grupo — de “Pon De Floor” a “Blow That Smoke”

* Por Felicio Marmo
** Edição e revisão: Flávio Lerner

É fácil sair no rolê e reconhecer alguma batida forte que leva a assinatura do Major Lazer. O projeto tem muito a celebrar, inclusive, pelo papel à frente da disseminação do movimento global bass para o rebolado da geral na última década. Da bass meteórica até as collabs pop, esse é o clima que se encontra na variada compilação Major Lazer Essentials, que celebra dez anos do projeto de Diplo.

O então laboratório de ritmos do DJ, ao lado de Switch, deu bastante certo, primeiro bebendo em música jamaicana e retorcendo outro gênero global, o funk carioca. Assim, o duo gerou seu primeiro grande hit sem medo de ser feliz para a “geração twerk”: “Pon De Floor”, em 2009.

+ Diplo indica o fim do Major Lazer

O batidão, que tem vocais de Vybz Kartel, vem nos destaques oldschool da coletânea, que na outra ponta revela a recém-lançada “Blow That Smoke”. A faixa, gravada com a cantora sueca Tove Lo, abre o disco mostrando que o Major Lazer (que com a saída de Switch, em 2011, virou um trio entre Diplo, Jillionaire e Washy Fire) tem fôlego de sobra para seguir o game — contrariando o que Diplo disse em recente entrevista sobre o possível término do projeto.

Dentre as 25 faixas encontradas em Essentials, alguns clássicos indie como “Hold The Line” se diluem ao paredão de hits recentes da fase pop do trio, como “Lean On” com e DJ Snake, “Powerfull” com Ellie Goulding e “Bubble Butt”, esta com Bruno Mars, Tyga e Mystic.

Escolha o cacho que prefere e bom apetite.

 

* Felicio Marmo é colaborador da Phouse.

Diplo indica fim do Major Lazer

Produtor declarou que o último álbum do trio será lançado em 2019

Após uma década de muito sucesso com o projeto Major Lazer, Diplo soltou esta bomba ontem, 26, em uma entrevista para a Complex: o trio, formado com Jillionaire e Walshy Fire, pode estar vivendo seus últimos dias de atividade.

Mesmo passando por uma ótima fase, Diplo disse crer que 2019 será decisivo para o grupo, com o lançamento de um último álbum. A notícia, como não podia deixar de ser, sacudiu a cena no mundo todo. Ao falar sobre os 10 anos de Major Lazer, ele soltou a pérola: “Ano que vem marca o nosso último álbum, então vai rolar muita coisa até lá”.

+ Escute “Thunderclouds”, novo single do LSD

Quando perguntado sobre o possível fim do projeto, o produtor não foi acertivo, mas disse acreditar nessa possibilidade. “Acho que sim, porque eu tenho outros projetos paralelos, como o LSD com a Sia, e o Silk City“, concluiu.

De fato, ele tem estado ocupado com os outros trabalhos que realiza, e o Major Lazer também está a todo vapor. Nas últimas semanas, o projeto tem se dedicado ao Afrobeats Mix, que além de conter uma mixtape dedicada à música africana, prevê o lançamento de quatro singles, entre setembro e outubro, gravados em parceria com artistas do continente.

+ Diplo e Mark Ronson lançam aguardada faixa com Dua Lipa

Três deles já saíram: “All My Life” (14 de setembro), com o nigeriano Burna Boy, “Orkant/Balance Pon It” (19 de setembro), com a cantora sul-africana Babes Wodumo, e “Tie It Up”, com Raye e Mr Eazi (26 de setembro). Já “Loyal”, com Kizz Daniel e Kranium, deve chegar na próxima semana — mesmo assim, a faixa já pode ser conferida no mix.


LEIA TAMBÉM:

Diplo, Sia e Labrinth lançam segundo single do LSD

Projeto de Diplo com Sia e Labrinth lança sua primeira música

Escute o “essential mix” do Silk City, projeto de Diplo e Mark Ronson

Projeto de house music de Diplo e Mark Ronson lança sua primeira música

Confira 6 lançamentos de destaque do final de semana

Músicas novas de Armin van Buuren, Fatboy Slim, Calvin Harris e mais!

A morte de Avicii caiu como uma bomba e pegou a todos de surpresa. O assunto certamente ainda repercutirá bastante nos próximos dias, mas, apesar de enlutado, o mundo da música não parou de funcionar.

Além dos já mencionados “Game Over” (Martin Garrix e Loopers) e o videoclipe de “Key” (Virtual Self), estes foram alguns dos lançamentos de maior destaque no universo da música eletrônica nessa última sexta-feira (20):

Com timbres ácidos, pegada de psytrance, videoclipe promovendo novo game da série Need For Speed e sampleagem da própria mãe, Steve Aoki lançou “Moshi Moshi”, com Vini Vici. A faixa é a quinta e última da série “5OKI”, da Dim Mak Records.

Também com videoclipe, os Chainsmokers lançaram seu novo single, “Somebody”. Seguindo a sonoridade tradicional da dupla, a faixa tem participação do americano Drew Love (metade do duo de R&B THEY.), e saiu pela Disruptor Records.

Já o Major Lazer apareceu com “Tip Pon It”, em parceria dos sempre reconhecíveis vocais de Sean Paul, pela Island Records.

Pela Astralwerks, Calvin Harris pintou com remix houseiro para “Alone”, da cantora americana Halsey. Entre os últimos lançamentos do produtor, este é definitivamente o mais apropriado para bombar nas pistas de dança — o que nos deixa ainda sem entender exatamente que sonoridade Harris deve seguir em 2018.

O icônico Fatboy Slim ganhou agora mais um remix oficial para “Right Here, Right Now” — single do clássico álbum You’ve Come a Long Way Baby, que foi relançado recentemente. Pela Elevate, o remix do veterano britânico Friction aumenta bem o BPM com uma sonzeira na onda do jungle/drum’n’bass.

Com James Newman, Armin van Buuren sucedeu sua experimentação com a disco music em “Sex, Love & Water” com “Therapy”, novo som pela sua Armada Music. A faixa tem uma pegada bastante pop e tropical.

Major Lazer lança colaboração com Cashmere Cat e Tory Lanez

“Miss You” foi lançada nesta terça-feira, via Interscope Records

Lançada nesta tarde pela Interscope Records, “Miss You” é a primeira colaboração entre Major Lazer, Cashmere Cat e Tory Lanez.

A faixa foi feita para curtir o verão com uma levada tropical e vocais cheios de melodia, sobre os quais Lanez já havia dado uma palhinha no LIV Nightclub, em Miami, no mês passado. Ao lado de Tory, Diplo participou do programa do Zane Lowe na Beats 1 Radio, e falou sobre o processo criativo:

“O Cashmere Cat teve uma ideia para uma música e ela meio que fechou com formato do Major Lazer, então eu o ajudei a direcionar o som. Nós terminamos a faixa juntos em uma noite no backstage do Red Rocks, em Denver, na verdade… Foi depois do set dele, e antes do meu. Foi engraçado porque trabalhamos no drop por um ano e tudo ficava uma porcaria. E depois fizemos o drop mais fácil de todos os tempos”.

+ Assista à coreografia entre o Diplo e a MØ no vídeo para “Get It Right”

+ Rio Music Carnival anuncia Alesso, Armin, Diplo e Dennis DJ como headliners

Você pode ouvir a entrevista completa na Apple Music, em que Diplo também falar de parcerias para o futuro entre outras histórias sobre essa produção.

Confira “Miss You”:

Diplo sinaliza com volta do Jack Ü para 2018

Em entrevista a jornal argentino, o produtor afirmou que deve voltar a produzir com o Skrillex num futuro próximo

Depois de muito tempo sem novidades, os fãs do Jack Ü podem começar a se animar novamente.

Ao ser perguntado sobre o projeto em uma entrevista ao jornal argentino La Nacion, Diplo disse acreditar que deve voltar a produzir com o parça num futuro próximo: “O Skrillex está trabalhando em seu novo álbum. Creio que depois disso e do novo disco que estamos preparando com o Major Lazer, voltaremos a fazer música juntos”.

Anteriormente, o produtor já havia falado sobre os problemas em lançar novos materiais da dupla enquanto o Skrillex estivesse assinado com a Altantic Records, e na situação disse odiar grandes gravadoras. Agora, tudo indica que as peças estão se encaixando para que os dois voltem a produzir.

O Jack Ü foi lançado em 2015, e seu primeiro álbum autointitulado ganhou disco de ouro vendendo mais de 550 mil cópias, além de ganhar o Grammy de “Melhor Álbum Dance” e “Melhor Gravação Dance” com o single “Where Are Ü Now”, que bombou com a participação do Justin Bieber.

LEIA TAMBÉM:

Novo single do Diplo com a MØ é trilha de doc do Major Lazer em Cuba

Diplo apresenta 2ª temporada de série que explora culturas pelo mundo

No Brasil, Diplo toca “Sua Cara” ao vivo com Anitta e Pabllo Vittar

Confira todos os vencedores do primeiro Electronic Music Awards

Diplo sobe set do Burning Man 2017

Novo single do Diplo com a MØ é trilha de doc do Major Lazer em Cuba

Música é lançada no mesmo dia do documentário “Give Me Future”

Hoje saiu exclusivamente pela Apple Music o documentário Give Me Future, sobre o qual já havíamos falado há duas semanas. Tendo o show histórico do Major Lazer em Cuba como gancho, o filme mostra um retrato da juventude atual no país, que se vê obrigada a traficar informação atual por meios piratas para se sentir no mesmo passo do resto do mundo.

Para dar um gostinho da trilha sonora, ainda por sair, Diplo lançou “Get It Right”, mais um novo som em parceria com a cantora dinamarquesa , que já havia emprestado sua voz para os hits “Lean On” e “Cold Water”. Pode se dizer que a dupla esteve próxima de repetir a dose nessa nova canção, já que a faixa também tem um refrão e uma melodia viciantes.

Confira:

LEIA TAMBÉM:

Major Lazer lança documentário sobre juventude cubana

Nova marca: “Lean On” atinge 1 bilhão de plays no Spotify

Site faz ranking dos 10 vídeos de dance music mais assistidos no YouTube

Confira todos os vencedores do primeiro Electronic Music Awards

Diplo apresenta 2ª temporada de série que explora culturas pelo mundo

Major Lazer lança neste mês documentário sobre juventude cubana

Inspirado na experiência do trio em Cuba, “Give Me Future” mostra uma população jovem, carente por novidades e informação, contraposta em um país “parado no tempo”

Em março de 2016, não muito tempo depois de as relações diplomáticas entre os Estados Unidos e Cuba terem sido restauradas, o Major Lazer fez história ao ser um dos primeiros grandes nomes americanos a tocar na república comunista.

Para eternizar esse momento, que contou com cerca de 400 mil pessoas em Havana, foi filmado o documentário Give Me Future, que vai muito além do show e explora a atual cultura jovem do país.

O filme pinta um quadro geopolítico que mostra como jovens cubanos, vivendo na era da informação globalizada, não se contentam com o atraso imposto a eles, e então criam sua própria rede pirata para compartilhar conteúdo e ter acesso à informação.

O título é extraído de uma fala de um dos protagonistas da obra (que você confere ao final do trailer), que vê na música eletrônica um futuro do qual ele é privado: “Eu moro numa cidade parada no tempo. Lenta. Por isso eu gosto tanto da música eletrônica. Com ela, sinto que não estou tão congelado no tempo. Ela me dá um futuro”.

Dirigido por Austin Peters, o doc estreou em janeiro deste ano, no Sundance Film Festival, mas agora será lançado no próximo dia 17, via streaming global pela Apple Music. Junto com ele, o trio também lança o álbum Major Lazer Presents: Give Me Future, que traz produções inéditas do Diplo gravadas em Cuba, com artistas locais.

LEIA TAMBÉM:

Diplo apresenta 2ª temporada de série que explora culturas pelo mundo

Site faz ranking dos 10 vídeos de dance music mais assistidos no YouTube

Confira todos os vencedores do primeiro Electronic Music Awards

Fã da cultura indiana, Diplo faz trilha para filme de Bollywood

Nova marca: “Lean On” atinge 1 bilhão de plays no Spotify

Site faz ranking dos 10 vídeos de dance music mais assistidos no YouTube

O YourEDM contabilizou e rankeou os dez vídeos de dance music mais assistidos no YouTube até hoje. Como sabemos, mesmo com o crescimento vertiginoso de serviços de streaming como Spotify e Apple Music nos últimos anos, a principal plataforma de vídeos do mundo segue firme e forte como uma das principais opções para se ouvir e descobrir música nova.

Na cena eletrônica não é diferente: seja com videoclipes, lyric videos ou apenas uma arte para ilustrar a música, o YouTube é uma fonte super usada, com alguns dos vídeos mais populares somando bilhões de views.

Na lista, temos faixas relativamente novas, como o hit “Closer”, dos Chainsmokers, e “Faded”, do Alan Walker. O próprio primeiro lugar tem apenas dois anos e meio de existência: “Lean On”, do Major Lazer com o DJ Snake e a cantora — a faixa também é recordista de plays no Spotify. Quem mais emplacou hits foi Calvin Harris, que marca presença com três vídeos — “How Deep Is Your Love”, “Summer”, e “This Is What You Came For”.

Aqui na Phouse, só não entendemos por que o portal desconsiderou o vídeo de “Gangnan Style”, do produtor sul-coreano Psy, que explodiu no mundo todo em 2012 e quebrou recordes de views. Se estivesse na lista, “Gangnan Style” ocuparia nada menos que a primeira posição, com mais de 2,9 bilhões de plays, e chutaria “Animals”, de Martin Garrix, pra fora do Top 10.

Confira a lista completa do YourEDM:

  1. Major Lazer & DJ Snake – Lean On (feat. MØ) – 2,19+ bilhões

  1. The Chainsmokers – Closer (Lyric) ft. Halsey – 1,88+ bilhão

  1. Calvin Harris – This Is What You Came For ft. Rihanna – 1,81+ bilhão

  1. Avicii – Wake Me Up – 1,39+ bilhão

  1. LMFAO – Party Rock Anthem ft. Lauren Bennett, GoonRock – 1,36+ bilhão

  1. Alan Walker – Faded – 1,33+ bilhão

  1. Calvin Harris – Summer – 1,17+ bilhão

  1. Calvin Harris & Disciples – How Deep Is Your Love – 1,16+ bilhão

  1. David Guetta – Hey Mama ft Nicki Minaj, Bebe Rexha & Afrojack – 1,15+ bilhão

  1. Martin Garrix – Animals – 1,07+ bilhão

LEIA TAMBÉM:

Nova marca: “Lean On” atinge 1 bilhão de plays no Spotify

“Pleasure”, do Justice, ganha videoclipe carregado de erotismo e conceito

Calvin Harris lança segundo videoclipe para “Feels”

Praticamente um videoclipe: Avicii lança lyric video para “Friend of Mine”

deadmau5 lança videoclipe de “Legendary”, com o rapper Shotty Horroh

Confira todos os vencedores do primeiro Electronic Music Awards

O primeiro Electronic Music Awards rolou nessa noite de quinta-feira, em Los Angeles, com transmissão para o mundo todo via Twitter. A Phouse acompanhou o streaming de perto, então fiquem espertos que em breve soltaremos um review sobre o evento.

Enquanto isso, você já pode conferir abaixo quem foram os grandes premiados da noite:

Álbum do ano

Woman, Justice
Memories…Do Not Open, The Chainsmokers
9, Cashmere Cat
Epoch, Tycho
Migration, Bonobo (VENCEDOR)
Humanz, Gorillaz

Single do ano

Skrillex & Rick Ross – “Purple Lamborghini”
Major Lazer ft. Justin Bieber & MØ – “Cold Water” (VENCEDOR)
The Chainsmokers ft. Halsey – “Closer”
DJ Snake ft. Justin Bieber – “Let Me Love You”
Porter Robinson & Madeon – “Shelter”
Martin Garrix & Dua Lipa – “Scared To Be Lonely”

Faixa do ano

Kidnap Kid & Lane 8 – Aba
Kolsch  – Grey
Todd Terje – Jungelknugen (Four Tet Remix)
Lapsley – Operator (DJ Koze Extended Disco Version)
Rüfüs du Sol – Innerbloom (Sasha Remix) (VENCEDOR)

Festival do ano

EDC – Várias cidades (VENCEDOR)
Tomorrowland – Boom
Electric Forest – Rothbury
Movement – Detroit
Lightning In A Bottle – Bradley

Clube do ano

Berghain/Panorama Bar – Berlim
DC-10 – Ibiza
Elrow – Barcelona
Fabric – Londres
Omnia – Las Vegas
Output – Nova Iorque (VENCEDOR)
XOYO – Londres
XS – Las Vegas

Radio Show do ano (com dois vencedores)

Above & Beyond – Group Therapy
Annie Mac – Annie Mac Presents
Claude VonStroke – The Birdhouse
Danny Howard – BBC’s Radio 1 Dance Anthems
Diplo – Diplo & Friends (VENCEDOR)
Liquid Todd – Beta BPM
Nicole Moudaber – In The Mood
Pasquale Rotella – Nightowl Radio
Pete Tong – The Essential Selection (VENCEDOR)

Artista revelação do ano

Alison Wonderland (VENCEDORA)
Kungs
Marshmello
Mura Masa
Rezz
San Holo

DJ do ano

A-Trak
The Black Madonna
Claude VonStroke
Diplo
Eric Prydz (VENCEDOR)

Live Act do ano

Bob Moses
Bonobo
Eric Prydz
Flume
Porter Robinson x Madeon
Rüfüs du Sol (VENCEDOR)

Produtor do ano

Cashmere Cat (VENCEDOR)
Hot Since 82
ODESZA
Sasha
The Chainsmokers

Uma premiação de música eletrônica com pompa de Oscar; conheça o EM Awards

Além dessas categorias, o EM Awards entregou dois prêmios como menção de honra: o pioneiro do techno Juan Atkins foi condecorado com o Prêmio Inaugural de Inovação, enquanto Moby  recebeu o Prêmio de Realização de Vida.

O Electronic Music Awards foi coproduzido por Paul Oakenfold e pela companhia Hunt & Crest. A cerimônia chegou a ser anunciado para abril de 2016, com o nome de Electronic Music Awards & Foundation Show e transmissão da Fox. Cerca de duas semanas antes da data marcada, porém, o evento foi adiado, e relançado neste ano, com um nome ligeiramente diferente e transmissão pelo Twitter para o mundo todo.

Fique ligado aqui na Phouse para entender melhor o que foi e o que significou essa cerimônia para cena eletrônica.

LEIA TAMBÉM:

Desafiamos você a assistir a estes vídeos de dance music orquestrada sem ficar arrepiado

Esta reportagem de 1986 é outra pérola arqueológica da história da dance music

Seth Troxler, Pete Tong e Loco Dice falam sobre cena underground; assista!

Nova marca: “Lean On” atinge 1 bilhão de plays no Spotify

Faixa do ano? Jamie xx se supera em novo edit para The xx

Spotify divulga lista das 30 mais ouvidas no verão americano e no mundo

Nesse final de semana, o Spotify divulgou duas listas oficiais: uma contendo as 30 músicas mais ouvidas no verão dos Estados Unidos, e outra com as 30 mais ouvidas em todo o mundo no mesmo período. A contagem dos charts se baseia entre os dias 21 de junho a 27 de agosto deste ano.

+ ZHU lança novo EP e vira destaque de playlist do Spotify

O campeão absoluto nas duas listas é o hit “Despacito”, de Luis Fonsi, em seu remix que conta com a participação de Daddy Yankee e Justin Bieber, e que realmente tomou conta do mundo. Entre os dez mais da lista global, estão DJ Khaled e Rihanna, com “Wild Thoughts”, French Montana com “Unforgettable”, Ed Sheeran com “The Shape Of You”, e representando a cena eletrônica (embora a música não seja mais tão eletrônica assim), somente Calvin Harris, com “Feels”.

+ Calvin Harris lança segundo videoclipe para “Feels”

Mais abaixo, aparecem mais artistas do cenário EDM, como Axwell /\ Ingrosso, The Chainsmokers e Martin Garrix, mas a lista num geral é bem mesclada entre pop, música eletrônica, música latina e trap/hip hop, mostrando a força atual de diversos setores da indústria fonográfica nas plataformas de streaming.

+ Com muita pizza, Martin Garrix lança novo videoclipe

Em comparação, na lista Brazil Top 50 — que é atualizada diariamente com as faixas mais ouvidas do dia —, já se nota mais diferenças, já que por aqui a maioria esmagadora dos streams correspondem a artistas sertanejos, com toques de funk, EDM e o solitário rapper Projota em meio a tudo isso. No momento, o hit “Sua Cara”, do Major Lazer com Anitta e Pablo Vittar, está em primeiro lugar. Alguns nomes que figuram na lista global também estão no chart, como o onipresente “Despacito”, que aqui ocupa a 43ª posição, e “Wild Thoughts”, na 44ª. As duas faixas do trio Alok, Bruno Martini e Zeeba também estão presentes no chart brasileiro: “Hear Me Now” — a primeira música brasileira a entrar no Top 50 global do Spotify e a atingir cem milhões de plays — aparece em 32º lugar, enquanto “Never Let Me Go” ocupa o 16º lugar.

Veja os charts divulgados pelo Spotify:

As 30 mais ouvidas no mundo:

  1. Daddy Yankee, Luis Fonsi – Despacito – Remix (feat. Justin Bieber)
  2. DJ Khaled – Wild Thoughts (feat. Rihanna & Bryson Tiller)
  3. French Montana, Unforgettable (feat. Swae Lee)
  4. DJ Khaled – I’m the One (feat. Justin Bieber, Quavo, Chance The Rapper, Lil Wayne)
  5. J Balvin, Willy William – Mi Gente
  6. Ed Sheeran – Shape of You
  7. Calvin Harris – Feels (feat. Pharrell Williams, Katy Perry, Big Sean)
  8. Charlie Puth – Attention
  9. Liam Payne – Strip That Down (feat. Quavo)
  10. Imagine Dragons – Thunder
  11. Jonas Blue – Mama (feat. William Singe)
  12. David Guetta – 2U (feat. Justin Bieber)
  13. Lil Uzi Vert – XO TOUR Llif3
  14. Shawn Mendes – There’s Nothing Holdin’ Me Back
  15. Axwell /\ Ingrosso – More Than You Know
  16. Kendrick Lamar – HUMBLE.
  17. Jason Derulo – Swalla (feat. Nicki Minaj & Ty Dolla $ign)
  18. The Chainsmokers, Coldplay – Something Just Like This
  19. Maluma – Felices los 4
  20. Imagine Dragons – Believer
  21. Danny Ocean – Me Rehúso
  22. Luis Fonsi – Despacito (feat. Daddy Yankee)
  23. Post Malone – Congratulations (feat. Quavo)
  24. Maggie Lindemann, CADE, Cheat Codes – Pretty Girl (Cheat Code X CADE Remix)
  25. Rita Ora – Your Song
  26. Niall Horan – Slow Hands
  27. Demi Lovato – Sorry Not Sorry
  28. Martin Garrix, Troye Sivan – There For You
  29. Clean Bandit – Symphony (feat. Zara Larsson)
  30. Bruno Mars – That’s What I Like

As 30 mais ouvidas nos Estados Unidos:

  1. Daddy Yankee, Luis Fonsi – Despacito – Remix (feat. Justin Bieber)
  2. Lil Uzi Vert – XO TOUR Llif3
  3. DJ Khaled – Wild Thoughts (feat. Rihanna & Bryson Tiller)
  4. French Montana, Unforgettable (feat. Swae Lee)
  5. Kendrick Lamar – HUMBLE.
  6. DJ Khaled – I’m the One (feat. Justin Bieber, Quavo, Chance The Rapper, Lil Wayne)
  7. Post Malone – Congratulations (feat. Quavo)
  8. 21 Savage – Bank Account
  9. Khalid – Location
  10. Childish Gambino – Redbone
  11. Calvin Harris – Feels (feat. Pharrell Williams, Katy Perry, Big Sean)
  12. Travis Scott – Butterfly Effect
  13. Liam Payne – Strip That Down (feat. Quavo)
  14. Logic – 1-800-273-8255 (feat. Alessia Cara, Khalid)
  15. Imagine Dragons – Believer
  16. Kendrick Lamar – DNA.
  17. Charlie Puth – Attention
  18. Sam Hunt – Body Like A Back Road
  19. Playboi Carti – Magnolia
  20. David Guetta – 2U (feat. Justin Bieber)
  21. Future – Mask Off
  22. Calvin Harris – Slide (feat. Frank Ocean, Migos)
  23. J Balvin, Willy William – Mi Gente
  24. Travis Scott – goosebumps
  25. Migos – Slippery (feat. Gucci Mane)
  26. Drake – Signs
  27. Bruno Mars – That’s What I Like
  28. Demi Lovato – Sorry Not Sorry
  29. Imagine Dragons – Thunder
  30. Niall Horan – Slow Hands

CONFIRA TAMBÉM:

Nova marca: “Lean On” atinge 1 bilhão de plays no Spotify

Lançamento da Phouse Tracks, faixa de LIVIT e Velden é destaque no Spotify

Bruno Martini: “Minha paixão sempre foi a música eletrônica”

 

Uma premiação de música eletrônica com pompa de Oscar; conheça o EM Awards

* Foto: Daft Punk sendo premiado com um Grammy, em 2014

Seguramente, vivemos hoje a época de maior força da música eletrônica no mundo. Nunca se ouviu tanto house, techno, EDM, trap, future bass, e as misturas são cada vez mais ousadas. Nós temos incontáveis festivais, filmes e documentários, concursos e reality shows voltados a esse universo. Naturalmente — e apesar de já existirem diversas premiações de nicho, como a IDMA —, havia uma lacuna para uma cerimônia de prêmios com toda a pompa de um Oscar, um VMA ou um Grammy, focada exclusivamente no mundo da dance music. Pois essa lacuna foi preenchida: nasce neste ano o primeiro Electronic Music Awards.

+ Zedd e Alessia Cara ganham prêmio, e Kendrick Lamar é o destaque do VMA

Serão premiados os melhores do ano em 11 categorias: melhor single, álbum, faixa, remix, clube, DJ, produtor, live act, festival, radio show e artista revelação. Entre os indicados estão grandes figuras, das vertentes mais variadas, como Justice, Skrillex, Gorillaz, Martin Garrix, Eric Prydz, Major Lazer, The Chainsmokers, Diplo, Todd Terje, Bonobo, Sasha, Hot Since 82, Claude VonStroke, Annie Mac, Pete Tong, The Black Madonna, Flume, A-Trak e Four Tet, além dos novatos (ou nem tão novatos assim) San Holo, Mura Masa, Alison Wonderland, Rezz, Marshmello e Kungs — estes concorrendo ao prêmio de melhor novo artista do ano.

A premiação rola no dia 21 de setembro, com transmissão ao vivo pelo Twitter, diretamente de um galpão no centro de Los Angeles, às 19h47 do horário local (23h47 em Brasília). Até o momento, Moby, Orbital, Ramzoid, Madeaux, Kidnap Kid, Illenium, Goldfish, Floorpan e Autograf são as atrações confirmadas para se apresentarem ao vivo — mais nomes ainda serão anunciados. Os responsáveis por apresentar a cerimônia são a DJ e jornalista Hanna Rad e o editor-chefe da Billboard Dance, Matt Medved.

+ Gorillaz anuncia show em São Paulo

Com Paul Oakenfold como produtor executivo, o Electronic Music Awards chegou a ser anunciado em janeiro de 2016, com o nome de Electronic Music Awards & Foundation Show. O evento foi programado para abril daquele ano, com transmissão pela Fox direto do SLS Hotel, em LA, mas cerca de duas semanas antes da data marcada, o programa foi adiado, sendo relançado agora, com um nome ligeiramente diferente e sem transmissão televisiva.

Você pode conferir mais detalhes no site oficial do EM Awards.

Série de TV baseada no Diplo foi ao ar nesta semana

Na última semana, tivemos a estreia da “série do Diplo”, What Would Diplo Do? (O Que Diplo Faria?), na VICELAND — canal de televisão da Vice Media, disponível nos Estados Unidos e no Canadá. O ator James Van Der Beek, famoso pela série Dawson’s Creek, interpreta Diplo em uma versão tragicômica: um DJ e produtor musical de sucesso global e querido por muitos, mas que pessoalmente é um cara meio mala e egocêntrico, com uma personalidade que irrita, mas que ao mesmo tempo cativa.

+ Diplo terá uma série de televisão inspirada em seu estilo de vida

Em entrevista à Rolling Stone, Diplo diz que “a série não é um reflexo meu. É mais um reflexo do meu personagem no Twitter, que sempre foi uma brincadeira. Nos últimos anos, eu deixei a conta de lado, porque não achava que as pessoas entendiam a piada, e acabavam levando meu sarcasmo a sério”.

+ Fã da cultura indiana, Diplo faz trilha para filme de Bollywood

O embrião da série foi o vídeo “A Day In the Life of Diplo”, produzido para promover a Mad Decent Block Party, em 2016. A esquete fez sucesso, e então surgiu a ideia de estende-la, como uma série.

+ A-Trak lança competição de DJs com Diplo como juiz

O primeiro episódio foi a ar no último dia 3. “The Beef” (“A Rixa”) retrata  uma treta entre Diplo e Calvin Harris no Twitter, além da aparição do DJ Dillon Francis e da atriz Dora Madison, do seriado Friday Night Lights. O episódio esteve na íntegra no canal do YouTube da VICELAND, mas como o canal de TV é aberto somente para assinantes, foi rapidamente retirado da internet. É possível, neste momento, conferir apenas um pequeno trecho, postado pela fanpage do Major Lazer para promover ao debut:

Fã da cultura indiana, Diplo faz trilha para filme de Bollywood

A Índia tem se mostrado uma lugar fértil para a cultura EDM, onde os sons que rodam festivais pelo mundo todo se fundem à cultura local — o reconhecimento de artistas como KSHMR é um exemplo. E agora a gigantesca indústria cinematográfica indiana conhecida como Bollywood quis incorporar a EDM ao seu repertório, trazendo Diplo para a jogada, com o novo single “PHURRR”.

+ Por que KSHMR é um dos melhores produtores de EDM da atualidade

A faixa, feita em conjunto com o compositor indiano Pritan — reconhecido por compor justamente para filmes de Bollywood — integra a trilha sonora do filme Jab Harry Met Sejal (lançado na última sexta-feira, 4), e conta com os vocais de Mohit Chauhan. “PHURR” ganhou um videoclipe “Bollywood-style”, assim como o projeto paralelo de Diplo, Major Lazer, teve em seu hit “Lean On”.

+ Nova marca: “Lean On” atinge 1 bilhão de plays no Spotify

Nova marca: “Lean On” atinge 1 bilhão de plays no Spotify

O hit “Lean On”, lançado em 2015 pela parceria entre Major Lazer, DJ Snake e , alcançou uma nova marca expressiva. Se no YouTube a música já tinha ultrapassado os dois bilhões de visualizações, agora foi comemorado o um bilhão de plays no Spotify.

“Lean On” praticamente tomou conta de 2015 e se estendeu até meados de 2016 fincando o pé como hit global, e agora, atingindo a marca de um bilhão de plays no Spotify, a canção é a quarta a entrar no “clube do bilhão” da plataforma, junto com “Shape Of You” (Ed Sheeran), “Closer” (The Chainsmokers) e “One Dance” (Drake).

+ Daft Punk e The Weeknd ultrapassam a barreira do bilhão no YouTube

+ Major Lazer lança música com Anitta e Pabllo Vittar; ouça aqui