De Chemical Brothers a Nicky Romero: os 10 destaques da última semana

Confira a mais nova seleção de lançamentos da Phouse!

* Por Lúcio Morais Dorázio

Essa última sexta-feira teve excepcionalmente ainda mais lançamentos importantes que de costume. Por isso, não estranhe em ver muita coisa boa de fora desta nossa lista de dez destaques da última semana.

Vem conosco!

The Chemical Brothers – In Eve of Dubstruction 

“Eve of Destruction” é a faixa de abertura do nono álbum de estúdio do duo The Chemical Brothers, lançado no mês passado. Agora, eles chegam com uma nova versão da faixa, “Eve of Dubstruction”, que se comunica mais com a disco music. O duo manteve, os vocais distorcidos — e psicodélicos — da cantora norueguesa Aurora e do rapper japonês Nene, porém acrescentou novas melodias, sintetizadores e até partes do vocal que não foram usadas na versão original.

Bruno Martini e Zeeba – I Do

Bruno Martini e Zeeba se juntaram novamente para mais um single. A música, bem ao estilo “good vibes” — e com o vocal inconfundível do Zeeba —, deixa em evidência a sonoridade particular criada pelos produtores.

VINNE, SPECT3R – Alive

Sabe aquele som gostoso que se encaixa perfeitamente nas pistas, mas também pode facilmente ser ouvida em casa, no carro, na praia e até nas rádios? Pois é, o DJ e produtor VINNE e os irmãos do SpECT3R juntaram elementos dos dois mundos e produziram “Alive”, com um vocal que vai ficar na sua cabeça por um bom tempo. 

Jennifer Lopez – “Medicine” (Kaskade Remix) 

Não é novidade que Kaskade é uma referencia na produção de remixes. Agora ele volta com mais uma produção, desta vez em parceira com ninguém menos que Jennifer Lopez. O DJ e produtor norte-americano acrescenta seu talento único na faixa “Medicine”, que por si só já é um grande hit, e entrega uma versão com uma nova energia e que, sem dúvidas, vai incendiar as pistas de dança e festivais mundo afora. Vale lembrar que recentemente Kaskade colaborou com Meghan Trainor para “With You”. Ele parece ter mergulhado de vez no universo pop

Franky Rizardo – I’m Hot

Esta é para os apaixonados pela house music em sua essência. Com simplicidade, mas ao mesmo tempo com arranjos bem precisos, Franky Rizardo nos remete aqui aos sons das discotecas clássicas, que ditam e inspiram até os dias de hoje boa parte das produções eletrônicas.

Don Diablo – The Rhythm

O “rei do future house“, Don Diablo, prova toda sua versatilidade e encontra um poderoso equilíbrio entre o vocal e o drop, nesse lançamento que marca a centésima música da sua própria gravadora, a Hexagon

Martin Garrix feat. Macklemore & Patrick Stump – Summer Days (Tiësto Remix)

“Summer Days”, colaboração de Martin Garrix com Macklemore e Patrick Stump, do Fall Out Boy, já é um dos maiores sucessos do ano, alcançando o posto de 18º no concorrido Top 50 do Spotify Global. E agora, o lendário Tiësto nos presenteou com essa versão ainda mais potente e com cara de festival. 

marshmello, Kane Brown – One Thing Right

Esta é a primeira colaboração do DJ e produtor mascarado marshmello com uma artista country. Todavia, não pense que “One Thing Right” se enquadre no gênero. A música, de pegada mais lenta e de arranjos melódicos, em estilo downtempo, faz o uso de batidas pop-punk, valorizando os vocais e elementos de banjo.

EDX – Ubuntu

EDX chegou com uma produção totalmente diferente de tudo que ele já lançou. “Ubuntu” começa com dois minutos de percussão tribal que gradualmente entrega para um vibrante riff de tambor. Com um ritmo cativante, o DJ e produtor suíço captou bem o estilo do verão europeu e a faixa tem tudo para ser uma sensação nos clubes de Ibiza nesta temporada. 

Nicky Romero, StadiumX, Sam Martin – Love You Forever

Os artistas, que já colaboraram em “Rise” e “Harmony”, enfatizam agora, em “Love You Forever”, a simplicidade através de uma melodia agradável, tocada através de um sintetizador semelhante a uma harpa. Os trompetes e a voz suave de Sam Martin, que se apoiam no drop, evidencia o porquê dos três músicos serem classificados muitas vezes pelo público e pela crítica como um “time dos sonhos”. 

Vintage Culture tocará em noite de Garrix em Ibiza pelo segundo ano seguido

DJ brasileiro é uma das atrações da residência de Martin Garrix no Ushuaïa

Assim como no ano passado, Vintage Culture é um dos convidados especiais de Martin Garrix para agitar Ibiza. Desta vez, o DJ brasileiro se juntará ao astro holandês em sua residência no Ushuaïa, que vai rolar nas quintas-feiras entre 04 de julho e 29 de agosto.

Além de Vintage, mais de 30 convidados foram revelados, incluindo nomes como Nicky Romero, Brooks, Salvatore Ganacci, Matisse & Sadko, Lost Frequencies, Jonas Blue, Junior Sanchez e Dyro.

Em 2018, Vintage Culture foi atração na residência de Garrix na Hï Ibiza. No final do ano, os dois artistas ampliaram a parceria em uma minitour no Brasil, que passou por quatro cidades. Esses dois tão esperando o que pra lançarem uma collab?

Martin Garrix solta faixa com Macklemore e vocalista do Fall Out Boy

“Summer Day” mistura disco music, rock e rap

Nesta quinta-feira, Martin Garrix soltou pela sua STMPD RCRDS o aguardado single “Summer Day”, parceria com o rapper Macklemore e o vocalista do Fall Out Boy, Patrick Stump.

A faixa é bem diferente de tudo o que Garrix vinha lançando, trazendo um combinado do suíngue da disco music com guitarras pesadas e os versos freestyle de Macklemore — lembrando em momentos a fase inicial do Justice, ou mesmo o hit “Stronger”, em que o Kanye West sampleou o Daft Punk.

“‘Summer Days’ é uma dessas músicas que te fazem querer entrar no carro com os amigos e tocar bem alto, com os vidros abaixados”, declarou Garrix à imprensa. “Estou muito honrado de trabalhar com o Patrick e o Macklemore, já que são dois grandes artistas. Ambos são têm estilos bem diferentes, o que acredito que deu à track novas dimensões. Estou muito feliz com o resultado final.”

+ CLIQUE AQUI para ler mais sobre o Martin Garrix

Assista a 10 sets do Ultra Miami 2019

Garrix, dose dupla de Armin, Heldens, Guetta, Afrojack, Alesso e mais!

O Ultra Music Festival ainda não começou a subir os sets desse final de semana na sua conta do YouTube, mas, como tem feito nos últimos anos, já os liberou na íntegra para alguns DJs postarem diretamente em suas contas.

Até este momento, Martin Garrix, Armin van Buuren (em seus dois sets), Afrojack, David Guetta, Oliver Heldens, Nicky Romero, Alesso, The Chainsmokers e Sunnery James & Ryan Marciano disponibilizaram suas apresentações em Virginia Key na íntegra para os fãs curtirem. Confira:

Pelo 2º ano seguido, Alok representa o Brasil no Top 100 da Billboard

Ranking é semelhante ao de 2018, com entradas pontuais e mudanças de posição

Fundado no ano passado, o Billboard Dance 100 teve Alok como único representante do Brasil em sua primeira edição. Neste ano, rolou repeteco, e Alok é novamente o DJ brazuca presente entre os 100 artistas escolhidos.

Desta vez, porém, em uma posição acima; o artista subiu do 72º lugar para o 71º. “Todo resultado é de extrema importância para a construção de imagem lá fora, esse não poderia deixar de ser diferente. Billboard é uma referência mundial e eu fico muito feliz em fazer parte dessa lista mais uma vez. Queria agradecer a todos que disponibilizaram seu tempo pra votar em mim. Muito obrigado!”, comentou, através de sua assessoria de imprensa — que também destacou que ele aproveitou a Miami Music Week para gravar o videoclipe de “Do It Again”, collab com Steve Aoki (que já havia sido revelada em fevereiro) prevista para 19 de abril.

Por fim, o release ainda destaca que Alok recebeu nesta semana uma placa da Spinnin’ Records homenageando a marca de um bilhão de streams nas plataformas digitais.

Billboard Dance 100

O Top 100 da Billboard é consideravelmente semelhante ao do ano passado, com mudanças de posição e alguns artistas figurando pela primeira vez, como RÜFÜS DU SOL, FISHER, CamelPhat, Deorro, The Martinez Brothers, Netsky, Nina Kraviz, Felix Jaehn e Bob Moses.

No Top 10, desta vez tivemos marshmello como grande vencedor, seguido respectivamente por Calvin Harris, The Chainsmokers (vencedores no ano passado), Zedd, Kygo, Martin Garrix, Diplo, Tiësto, DJ Snake e David Guetta.

LEIA TAMBÉM:

Segundo a revista, foram quase 250 mil votos de 174 países, em todos os sete continentes. O Billboard Dance 100, entretanto, não se baseia apenas em voto popular, mas também em um cruzamento de dados de charts e turnês.

Você pode conferir o ranking na íntegra na página da Billboard Dance.

Martin Garrix explica como surgiu seu novo single

Durante o Ultra Australia, o DJ foi entrevistado rapidamente por uma rádio local

“No Sleep”, a mais nova música de Martin Garrix em parceria com a voz de Bonn, foi lançada nessa última sexta-feira, pela sua STMPD RCRDS, e já chegou com um videoclipe dirigido por Damian Karsznia e Olav Stubberud.

Ao participar do Ultra Australia, em Melbourne, Garrix foi entrevistado pela jornalista Sin, da George FM, e revelou como surgiu a canção e o clipe. “É mais um novo single com o Bonn, depois de ‘High on Life’ [de 2018]. Em julho, ele veio comigo em algumas gigs, e depois do primeiro show juntos, não conseguíamos dormir. Aí eu peguei meu violão e começamos a compor, e então surgiu ‘No Sleep'”, declarou.

“O clipe foi filmado em Las Vegas, em Aspen e em Scottsdale, e foi muito divertido. Não tínhamos nenhuma ideia pré-definida, pensamos apenas em trazer câmeras e ter um final de semana louco nos Estados Unidos, e foi muito bacana. Acho que o vídeo reflete essa diversão. É uma música que surgiu a partir de um momento de muita felicidade e empolgação, e queríamos transmitir essa emoção, sem um script”, concluiu.

Garrix ainda revelou que tem muitas músicas prontas ou quase prontas para lançar — o que não é nenhuma novidade pra quem conhece o cara — e, perguntado sobre com quem não colaborou ainda e sonha em colaborar, citou Pharrell Williams.

+ CLIQUE AQUI para ler mais sobre o Martin Garrix

Martin Garrix revela que não vai tocar no Mainstage do Tomorrowland

Lugar que pertenceu ao holandês nos últimos anos deve ser ocupado pelo Swedish House Mafia

Escalado para fazer o encerramento do Tomorrowland nos últimos três anos, Martin Garrix terá papel mais discreto nesta edição. Segundo o mais recente tuíte do artista, ele não tocará no Mainstage, apenas no palco da sua STMPD RCRDS (anunciada há duas semanas como um dos hosts do evento), no primeiro final de semana.

Questionado por fã, Garrix foi assertivo: “Não vou tocar no Mainstage neste ano. Apenas no palco da STMPD, no primeiro final de semana”.

Como bem analisou Jake Gable, editor do We Rave You, o cenário mais provável é que o encerramento do palco principal neste ano fique por conta do Swedish House Mafia, que já confirmou alguns shows de sua turnê mundial. Em dezembro, um e-mail do Weekend Festival para a imprensa aparentemente vazou a informação de que o trio tocará no Tomorrowland e no Ultra. Mesmo sem uma confirmação oficial, é difícil imaginá-los fora desses eventos em 2019.

Até este momento, o Tomorrowland revelou 30 artistas de sua 15ª edição. Mais nomes serão divulgados dentro de uma hora.

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias sobre o Martin Garrix

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias sobre o Tomorrowland

Assista a “ANIMA”, o mais novo espetáculo de Martin Garrix

O DJ compartilhou em 4K seu mais novo show

Martin Garrix subiu no YouTube na íntegra a ANIMA, sua nova apresentação que foi debutada no ADE em outubro. Nela, o DJ conta uma história ao público por meio de luzes de última geração e recursos visuais impressionantes.

A ANIMA se divide em quatro capítulos: “Consciousness” (consciência), “Void” (vazio), “Transcendence” (transcendência) e “Worlds” (mundos). O conceito trata de uma inteligência artificial ganhando consciência e tentando entender o mundo exterior.

Garrix se dedicou por cerca de oito meses ao lado de uma equipe gigantesca para dar vida a essa história. A apresentação estreou no último Amsterdam Dance Event e agora foi disponibilizada em vídeo de quase duas horas, em 4K e som surround 5.1. Confira:

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias sobre o Martin Garrix

Martin Garrix responde a perguntas de fãs na internet

Artista gravou um episódio da série “Actually Me”, da GQ

Depois de Zedd, agora foi a vez de Martin Garrix estrelar um especial em vídeo para a GQ. O DJ e produtor holandês participou de uma famosa série de vídeos da revista inglesa, a Actually Me, respondendo perguntas feitas pelos fãs no Twitter — e sempre bem-humorado, porque é como ele mesmo se descreve: “louco, feliz e… feliz, porque estou feliz o tempo todo!”.

O artista revelou também que seu foco principal no momento é orientar e dar suporte aos DJs que estão iniciando sua carreira: “Eu construí um estúdio na Holanda com minha equipe e quero utilizá-lo para descobrir e mostrar ao mundo novos talentos”.

+ De “Clarity” a “The Middle”; conheça as histórias por trás dos grandes hits de Zedd

O jovem produtor também imaginou como seria um som em parceria com os Chainsmokers: “Acho que seria uma canção bem agressiva, porque nós todos começamos na cena de festivais. Poderíamos fazer tanto uma música ‘radio friendly’, com belas melodias, ou uma bem pesada para festivais. Não sei… Teremos que descobrir”.

O DJ ainda fala sobre qual software usa em suas gravações, explica como faz suas músicas possuírem um drop tão pesado e até mesmo certifica informações da Wikipedia. Em uma delas, ele confirma que seu orientador dos sonhos era Calvin Harris, já que “tudo o que ele toca se transforma em ouro”.

+ CLIQUE AQUI para ouvir o mais novo single de Martin Garrix

Ao longo dos sete minutos de vídeo, Garrix também fala um pouco mais de seu lado pessoal, contando sobre quais memórias o fazem sorrir e com qual artista ele gostaria de trabalhar.

Se você está afim de conhecer um pouco mais o DJ e dar boas risadas, dê o play.

Compilação para games, Garrix, Alok, Tropkillaz… Confira o Top 10 de sexta

Seleção da vez ainda traz Ferry Corsten, REZZ, remix do Vitalic para o Steve Angello e mais!

Além dos já destacados lançamentos da Phouse Tracks e da Alphabeat Records, a sexta-feira, como sempre, contou com diversas músicas e discos novos. Estas são os dez principais destaques que selecionamos desta vez:  

Começamos logo de cara com uma proposta bem inusitada. Ninjawerks Vol. 1 é um disco que saiu pela vontade do gamer Ninja (Tyler Blevins), que reuniu grandes artistas da dance music para criar uma trilha sonora de jogos, lançada pela label Astralwerks. A VA conta com 13 inéditas de produtores como Alesso, ArtyDillon Francis, Kaskade, Tiësto e Tycho, formando uma compilação perfeita para quem os gamers fãs de música eletrônica.

  

Nossa lista segue com mais um grande nome da EDM, Martin Garrix. O jovem DJ e produtor se juntou mais uma vez ao parça Julian Jordan para lançar “Glitch”, pela Epic Amsterdam. O som mistura fortes batidas de electro house com uma melodia bem suave criada por sintetizadores. Confira o videoclipe:

 

Falamos brevemente na semana passada sobre “Pray”, a nova música do Alok. O som saiu oficialmente pela Spinnin’ Records e conta com a voz do artista britânico Conor Maynard, responsável por dar ainda mais emoção e sentimento através de seus vocais.

 

Maurizio Colella, mais conhecido como EDX, volta a chamar a atenção com seu remix para “Don’t Sleep” — faixa do último álbum do Chromeo, que traz os vocais de Stefflon Don e French Montana. O remix conserva a pegada ensolarada/funky da canção, tornando-a mais pisteira, num formato disco house. Vale lembrar que o EDX está concorrendo ao Grammy com seu remix de “How Long”, do cantor Charlie Puth.

  

O último lançamento de Ferry Corsten não poderia ficar de fora. A lenda do trance se uniu ao britânico Ilan Bluestone para a última colaboração do ano do projeto UNITY. Lançada pela Flashover Recordings, “We’re Not Going Home” é o resultado de uma combinação perfeita entre os dois artistas.

 

Hora de pegar pesado no bass? Então vamos de Tropkillaz, que pintou com “Dame Mais”. A música conta com convidados especiais como o rapper Rincon Sapiência e cantora Clau, que têm participação fundamental aqui. “Dame Mais” também já veio com seu próprio videoclipe.

 

Mantemos o peso, mas subimos o trópico pra falar do último lançamento da REZZ. A produtora, que já é uma celebridade na América Anglo-Saxônica, se uniu desta vez a Blanke, australiano que já recebeu suporte de importantes nomes como marshmello, Illenium e Steve Aoki. “Mixed Sinals” misturou o estilo dos dois talentos com graves fortes e sons que remetem à ficção científica.

Netsky deu um tempinho ao drum’n’bass para dar lugar a canções mais pop — mas sem deixar de lado sua predilação pela bass music. No EP Abbot Kinney, que veio pela Republic Records, o DJ mostra que versatilidade também é um de seus pontos fortes — com destaque para “Anything 4 U”. Mais surpresas poderão vir no próximo ano assim que o produtor belga lançar seu projeto Palmtrees & Powerlines.

 

Inovação é uma característica que deve fazer parte da vida de DJs e produtores. Em seu mais novo EP Waves & Whirlwinds, Maya Jane Coles explorou a criatividade e produziu um disco que inicia com sons melódicos e, em pouco tempo, ganha força e ritmo com faixas mais encorpadas.

  

Por último, mas não menos importante, vamos de Vitalic. O expoente francês lançou um remix para “Rejoice”, single de 2017 que veio como um dos destaques do novo álbum do mestre Steve Angello. A faixa, que traz um impactante sermão do pastor norte-americano T.D. Jakes, ganhou agora uma versão techno bem pesada.

 

+ CLIQUE AQUI para relembrar os lançamentos da semana anterior

Gui Boratto remixado por Kölsch, FTampa via KSHMR, Guetta underground; confira 10 sonzeiras de sexta

Brasileiros tiveram diversos lançamentos importantes nesse final de semana

Além das já mencionadas novidades do Liu, do Sevenn e da Alphabeat Records, essa última sexta-feira teve MUITO lançamento top — tanto que foi uma das vezes em que encontramos as maiores dificuldades em selecionar só dez pra nossa lista de destaques. Vem conosco:

Meio ano depois do lançamento de Pentagram — quinto álbum do gigante brasileiro Gui Boratto — a Kompact liberou um EP da faixa “618”, que traz um remix de ninguém menos que o gigante dinamarquês Kölsch. Pouco pesado esse disco.

 

Outro brasileiro também teve um lançamento impactante. Em parceria com o DJ tailandês 22Bullets — que já tem seu nome bem fixado no cenário EDM asiático —, o FTampa veio com release pela Dharma Worldwide, selo do KSHMR. Em “Sahar”, as referências étnicas/indianas estão bem presentes no novo som do mineiro — o que também justifica um lançamento pela Dharma.

 

E tem mais nome nacional na lista. Via HUB RecordsLOthief pintou com “Talk Dirty”, single que traz o sample de “Hermetico”, do grupo Balkan Beat Box, que ficou famoso em “Talk Dirty”, do cantor americano Jason Derulo.

 

E o que dizer dessa collab entre o Santti e o maceioense Turkez com a consagrada Banda Eva? Lançada pela Sony Music, “Rede” misturou harmonicamente as batidas da house music com a pegada do Axé, em um som que tem totalmente a vibe do verão brasileiro.

 

Não, ainda não encerramos com os artistas nacionais! Em parceria do DJ e produtor belga HIDDN, os Cat Dealers trouxeram “My Way”, faixa na onda house pop lançada pela Spinnin’ Records.

 

Os caras do Felguk também vieram com novidades. Com a DJ carioca Bian, a dupla chegou com “Like U Always Do”, outro som pop/eletrônico assinado pela HUB.

    

marshmello é um DJ excêntrico que gosta de testar muitas coisas em suas produções, e sua nova track reforça isso. Longe da sua principal vertente, “Project Dreams” traz uma parceria do DJ norte-americano com o rapper Roddy Ricch — assumindo uma faceta bem mais próxima do hip-hop e do trap.

 

Você sabia que David Guetta possui um projeto paralelo chamado Jack Back? Nele, o francês dá um tempo nas melodias épicas e refrões chiclete para dar vazão ao seu lado mais underground. Na tech-houseira “Grenade”, o DJ conseguiu um contrato com a consagrada Toolroom Records, label inglesa que está no mercado desde 2003.

 

Lembram-se de quando falamos de Brazilian Soul, collab dos Knocks com a dupla Sofi Tukker? A novidade agora é o pacote de remixes que acaba de sair do forno pela Big Beat Records, com nomes como Walker & Royce, Gilligan Moss e — vejam só ele aqui de novo! — FTampa, além de uma versão acústica ainda mais bossa nova.

  

E pra fechar tudo, mais um EP de remixes. O destaque da vez são os feitos para a emocionante “Dreamer”, do Martin Garrix com o semifinalista do America’s Got Talent, Mike Yung. O disco traz a participação de peso de Nicky Romero, além dos jovens talentos SLVR (Itália) e EAUXMAR (Holanda).

  

PHOUSE TV: 11 anos de Green Valley

A turnê de Martin Garrix e Vintage Culture foi encerrada na casa de Camboriú.

No último dia 17, o Green Valley comemorou seus 11 anos de vida aproveitando a miniturnê de Martin Garrix no Brasil. Garrix veio para o país para tocar em quatro datas acompanhado por Vintage Culture, e o encerramento foi justamente naquele sábado tão especial para a casa de Camboriú.

A Phouse TV marcou presença e trocou uma ideia com o público e alguns profissionais do mercado da música eletrônica nacional — além, é claro, de registrar um pouquinho dos sets da noite. Nomes como Marcelo Arditti (da Entourage) e o fotógrafo Diego Jarschell relembraram momentos especiais do clube.

Diretor artístico do GV, Juba Jacomino contou sobre como Vintage virou residente — em uma espécie de pedido de casamento público —, e o DJ Jean Bacarreza trouxe a inusitada história de quando se deparou com ninguém menos que o Dr. Ray curtindo muito na pista de dança. Por fim, a dinamarquesa Ashibah falou sobre o dia em que fugiu da sua tour manager porque não queria ir embora. Garrix e Vintage não falaram com a imprensa.

LEIA TAMBÉM:

Martin Garrix no Brasil: turnê rola nesta semana

Entourage anuncia turnê de Martin Garrix no Brasil

Ashibah: “O Brasil é o meu sonho e eu sempre conto os minutos até voltar”

Como foi a celebração do 3º prêmio de melhor club do mundo no Green Valley

Na véspera de feriado, Green Valley comemora terceiro título de melhor club do mundo

Martin Garrix no Brasil: turnê rola nesta semana

Saiba os detalhes das quatro festas que recebem o astro holandês com Vintage Culture

Falta muito pouco para a nova miniturnê de Martin Garrix em solo brasileiro. Acompanhado por Vintage Culture, o astro holandês vai comandar quatro shows nesta semana: começa na quarta, 14, véspera de feriado, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo; segue na quinta, no Riocentro, Rio de Janeiro; passa ainda pelo Estádio Mané Garrincha, em Brasília, na sexta; e finaliza no sábado, no aniversário de 11 anos do Green Valley.

Tirando Garrix e Vintage, que estarão presentes nas quatro festas, os lineups são variados. No Anhembi, Chemical Surf e RDT juntam-se ao rolê, enquanto o Riocentro recebe ainda Bruno Be, Dubdogz, Zerb e um B2B entre Gustavo Mota e Groove Delight. Bruno Be ainda estará presente no Mané Garrincha, assim como o DJ Glen, e também no Green Valley, que ainda escalou Ashibah e RDT pra sua celebração. Ainda há ingressos disponíveis via Eventbrite.

LEIA TAMBÉM:

Entourage anuncia turnê de Martin Garrix no Brasil

DJs do Top 100 da DJ Mag revelam suas músicas favoritas de 2018

Segunda edição do Só Track Boa BH pode ser considerada a melhor de todos os tempos

Ashibah: “O Brasil é o meu sonho e eu sempre conto os minutos até voltar”

Chilli Beans e MOB somam forças em novo cruzeiro de música eletrônica

DJs do Top 100 da DJ Mag revelam suas músicas favoritas de 2018

Confira as seleções de nomes como Martin Garrix, Armin, Guetta, Tiesto, Alok e Vintage Culture

Como de praxe, a DJ Mag traça um perfil de cada um dos 100 ganhadores do seu polêmico ranking anual. Antes dessas biografias, há uma pequena ficha técnica informando a origem, o estilo, a fama que carregam e as escolhas dos artistas para música favorita de 2018 e artista revelação.

Dando uma olhada rápida nesses perfis, a Phouse resolveu selecionar as escolhas de música do ano dos dez primeiros colocados, mais os três projetos brasileiros que também entraram na parada. Como Hardwell (3º lugar) e Afrojack (8º) não apontaram nenhuma música, colocamos Steve Aoki (11º) e R3HAB (12º) em seus lugares.

É curioso notar que só entre esses 13 nomes, “Losing It”, do FISHER, foi escolhida três vezes (também foi a escolha de vários outros nomes do Top 100), enquanto “One Kiss”, do Calvin Harris com a Dua Lipa, duas. Também temos aqui os artistas que mostram aquela autoestima da porra ao indicar suas próprias faixas. Por fim, outros DJs não se contentaram em elencar só uma, e acabaram vindo com duas tracks. Confira:

#1. Martin Garrix: Taska Black – Forever

 

#2. Dimitri Vegas & Like Mike: FISHER – Losing It / Travis Scott – Sicko Mode

  
   

#4. Armin van Buuren: Sunset Brothers X Mark McCabe – I’m Feeling It (MaRLo Remix)

  

#5. David Guetta: FISHER – Losing It

(Ouça acima)

#6. Tiësto: Loud Luxury feat. brando – Body

 

#7. Don Diablo: Logic feat. Alessia Cara & Khalid – 1-800-273-8255

  

#9. Oliver Heldens: Calvin Harris & Dua Lipa – One Kiss (Oliver Heldens Remix) / Enrico Sangiuliano – Astral Projection

 
  

#10. marshmello: Crankdat – Reasons To Run

  

#11. Steve Aoki: BTS – Fake Love

 

#12. R3HAB: R3HAB x Mike Williams – Lullaby

 

#13. Alok: FISHER – Losing It

(Ouça acima)

#19. Vintage Culture: RÜFÜS DU SOL – No Place

 

#48. Cat Dealers: Calvin Harris & Dua Lipa – One Kiss

(Ouça acima)

De Martini e Garrix a Armin e Skrillex; confira 10 pérolas de sexta

Confira nossa super seleção de alguns dos lançamentos mais importantes do último final de semana

Além das novas que você já viu aqui na Phouse — Alok com Yves V, Bhaskar com Alternative Kasual, Lowderz e Enkode, DANNE com Brazyleros, Dudu Linhares com Lipe Forbes e o remix de Kiko Franco, Double Z e G Dom para o MC Don Juan —, essa última sexta-feira trouxe outros lançamentos imperdíveis no cenário eletrônico mundial. Vem com a gente dar uma olhada nas dez pérolas que selecionamos:

Começamos com Bruno Martini, que lançou “Youngr”, nova parceria com o gigante Timbaland nos estúdios. Com o sul-africano Shaun Jacobs nos vocais, o single é o primeiro material revelado do seu álbum de estreia, Original, e foi produzido no mesmo estúdio de “Thriller”, em Los Angeles. O videoclipe, que você vê abaixo, traz a participação de Fiuk.

  

Não bastasse o impacto do release orgânico de “Wild Wild Soon”, com Sam Martin, no começo do mês, Armin van Buuren já veio com o club mix no peito. Aqui, o hit ganha nova dimensão com o crescente do trance.

 

Concluindo a saga do EP By Law, Martin Garrix lançou sua aguardada track “Waiting For Tomorrow”, collab com Pierce Fulton, que nos vocais recebeu Mike Shinoda do Linkin Park. Confira o EP completo:

 

Já o maninho Skrillex, de volta de um breve hiato, encontra novo norte com seu fidget house, disponível via OWSLA. Como acompanhamos desde o teaser, a faixa foi coproduzida pelo produtor inglês JOYRYDE.

 

Calvin Harris e Sam Smith assistiram à pedrada “Promises” ganhar oito remixes top. Entre os que remodelaram a faixa estão ninguém menos que David Guetta, MK, Illyus & Barrientos, Franky Rizardo, Mousse T., OFFAIAH e Sonny Fodera.

 

O lado bass de Oliver Heldens, HI-LO, continua dando trabalho para as baixas frequências. Aqui, ao lado do produtor Mike Cervell, com novo lançamento pela Heldeep/Spinnin’, “Impulsive”.

 

Quem também trouxe novidades foi o CamelPhat, com outra pedrada tech house. Em parceria com o duo inglês Solardo, “Accelarator” saiu pela Ultra Records.

 

Pra indiezada dançar com os braços abertos, “Sun Comes Up”, de Will Butler, do Arcade Fire, ganhou nova versão eletrônica nas mãos do duo The Knocks.

 

Tem mais pacote de remixes no radar. O belo som de “Falls”, de ODESZA com a cantora Sasha Sloan, recebeu toques de classe de seis diferentes projetos. São versões de TroyBoi, TOKiMONSTA, Kaskade, Golden Features, Photay e Glitch Mob.

 

E pra fechar, o single “Pimenta”, do grupo de rap brasileiro Haikaiss com CortesiaDaCasa e Rincon Sapiência, ganhou um remix produzido pelo SELVA, que saiu um pouco da sua zona de conforto e não economizou na 808 pra desenhar um trap com nuances de moombahton.

 

Martin Garrix lidera o Top 100 da DJ Mag pelo 3º ano seguido

Avicii, Swedish House Mafia e subida de trio brasileiro também são destaque

Assim como em 2017 e 2016, Martin Garrix foi o DJ mais votado no Top 100 da DJ Mag. A segunda posição ficou novamente com Dimitri Vegas & Like Mike, enquanto Hardwell e Armin van Buuren inverteram suas posições, em terceiro e quarto lugar, respectivamente.

Avicii foi bastante homenageado na votação, subindo da 28ª para a 15ª posição, enquanto o Swedish House Mafia reapareceu no ranking, em 63º.

Outro destaque foi a subida do trio brasileiro que bombou em 2017: Alok subiu do 19º ao 13º lugar, Vintage Culture foi do 31º ao 19º, e os Cat Dealers, que debutaram na lista no ano passado, no 74º lugar, subiram para o 48º.

Confira o Top 100:

1. Martin Garrix
2. Dimitri Vegas & Like Mike
3. Hardwell
4. Armin van Buuren
5. David Guetta
6. Tiësto
7. Don Diablo
8. Afrojack
9. Oliver Heldens
10. Marshmello
11. Steve Aoki
12. R3hab
13. Alok
14. W&W
15. Avicii
16. DVBBS
17. Lost Frequencies
18. KSHMR
19. Vintage Culture
20. Eric Prydz
21. Skrillex
22. Fedde Le Grand
23. Ummet Ozcan
24. DJ Snake
25. Quintino
26. VINAI
27. NERVO
28. Headhunterz
29. Angerfist
30. Bassjackers
31. The Chainsmokers
32. Kygo
33. Timmy Trumpet
34. Vini Vici
35. Wolfpack
36. Alan Walker
37. Blasterjaxx
38. Danny Avila
39. Kura
40. Calvin Harris
41. Axwell /\ Ingrosso
42. Diplo
43. Nicky Romero
44. Zedd
45. Alesso
46. Tujamo
47. Yellow Claw
48. Cat Dealers
49. ATB
50. Diego Miranda
51. Above & Beyond
52. Jeffrey Sutorius (ex-Dash Berlin)
53. Carl Cox
54. Martin Jensen
55. Paul van Dyk
56. Will Sparks
57. Claptone
58. Steve Angello
59. deadmau5
60. Robin Schulz
61. Richie Hawtin
62. Florian Picasso
63. Swedish House Mafia
64. Jay Hardway
65. Miss K8
66. Mike Williams
67. Andrew Rayel
68. Mariana Bo
69. Radical Redemption
70. Brennan Hart
71. Swanky Tunes
72. MATTN
73. Carta
74. Aly & Fila 
75. Ferry Corsten
76. Da Tweekaz
77. Breathe Carolina
78. Deniz Koyu (KO:YU)
79. Adam Beyer
80. Daddy’s Groove
81. Mosimann
82. Tchami
83. Nghtmre
84. DJ L
85. Wildstylez
86. Marco Carola
87. Cedric Gervais
88. MaRLo
89. Deorro
90. Andy C
91. Solomun
92. Lucas & Steve
93. Markus Schulz
94. Bobina
95. Paul Kalkbrenner
96. Alison Wonderland
97. Nina Kraviz
98. Rave Republic 
99. Carl Nunes
100. SLANDER

LEIA TAMBÉM:

Pelo segundo ano consecutivo, Top 100 da DJ Mag tem três brasileiros

Ao elogiar novo ranking da Billboard, Tiësto alfineta Top 100 da DJ Mag

Green Valley é eleito o melhor club do mundo em lista da DJ Mag

A quem importa o ranking da DJ Mag?

Editorial: É hora de rever nossa posição sobre o Top 100 da DJ Mag

Martin Garrix revela mais um single de EP inédito

Astro holandês aproveita o clima do ADE para lançar “By Law”

Martin Garrix está aproveitando todo o clima do Amsterdam Dance Event, onde se sente em casa, pra lançar gradualmente seu novo EP, By Law. Nesta semana, praticamente sem avisar nada, cada faixa do disco tem saído diariamente, como single, e já com direito a videoclipes cheios de pompa. Como o próprio DJ comentou no seu canal do YouTube, ele já vinha testando os sons em palcos como o Tomorrowland.

O big room rasgado “Breach (Walk Alone)”, produzido com Blinders, foi a primeira entrega pros fãs, em plena ressaca da segunda-feira. No Twitter, Garrix tinha comentado que trazia um misto de sentimentos com relação à expectativa.

    

A segunda veio com “Yottabyte”, a faixa mais forte até o momento, com arranjos de violinos e melodia grudenta e pop, característica de seus hits arrasa-quarteirão. O vídeo foi lindamente editado com imagens enviadas por fãs, e contém um sample da introdução do show no último Tomorrow.

     

Eis que nesta quarta-feira, enfim, chegou “Latency”, com Dyro — mais uma paulada big room cheia de energia, feita pra pular.

  

Para a sorte dos seguidores de Martin Garrix, a continuação da brincadeira está prevista com a track “Access”, concluindo então a saga com “Waiting For Tomorrow” (o que esperar?) na sexta-feira. Os sons têm sido lançados na meia-noite do horário de Amsterdã, que são 19h no Brasa.

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias sobre o Martin Garrix

Alesso: Rihanna está trabalhando com Calvin Harris, Garrix, Guetta e Diplo

Produtor revelou a informação em papo com o Daily Star

O próximo álbum da Rihanna deve ter um time de produtores de peso do cenário da dance music. Ao menos, é o que revelou Alesso, em entrevista ao Daily Star. O produtor afirmou que Calvin Harris, Martin Garrix, David Guetta e até o Diplo farão parte do nono disco de estúdio da cantora, que ainda não tem previsão para sair.

Na matéria, Alesso diz ter ouvido que a Rihanna quer assumir as paradas de música eletrônica. “Nós temos alguns amigos em comum, então vamos ver o que acontece. Ela tem uma voz que se encaixa em qualquer música, ela faz cada gravação soar ótima”, comentou.

A declaração causa surpresa principalmente por conta do nome de Diplo na lista, já que num passado não muito distante a barbadiana recusou emprestar sua voz a “Lean On” (que acabou explodindo com o vocal da MØ) e disse, com bom humor, que uma música que o Diplo mostrou a ela em uma sessão de estúdio parecia “um reggae tocado em um aeroporto”.

Garrix no Brasil: vendas para 3 cidades começam nesta quarta-feira

Entourage pede desculpas pelo atraso e revela mais detalhes sobre a turnê

Quando anunciou a turnê de Martin Garrix no Brasil, a Entourage confirmou para essa segunda-feira, dia 10 de setembro, a abertura da venda dos ingressos e a revelação de mais informações. Entretanto, nenhuma movimentação foi vista na página e nas redes da agência, o que levou alguns fãs a até temerem um cancelamento.

Nesta tarde, porém, o silêncio foi rompido. Com posts nas suas redes sociais, a Entourage pediu desculpas pelo atraso, revelou que “ajustes finais estavam faltando para poder dar um start nas vendas” e, a partir da criação dos respectivos eventos no Facebook, trouxe mais alguns detalhes e confirmou novas datas para a abertura das vendas dos ingressos.

Em São Paulo (Anhembi Parque), Rio (Riocentro) e Santa Catarina (Green Valley), os ingressos já começam a ser vendidos hoje, dia 12, a partir das 19h. Em Brasília, cujo local ainda não foi revelado, as vendas se darão a partir da próxima terça-feira, 18, às 15h. Nenhuma outra atração além de Garrix e Vintage Culture foi anunciada por enquanto.

Prezados amigos e amigas, em primeiro lugar, desculpem-nos pelo atraso neste retorno, alguns ajustes finais estavam…

Posted by Entourage | Conteudo Artistico on Wednesday, September 12, 2018

LEIA TAMBÉM:

Entourage anuncia turnê de Martin Garrix no Brasil

Anhembi Parque anuncia show de Martin Garrix com Vintage, mas volta atrás

Com Vintage Culture, Martin Garrix fará minitour no Brasil, diz site

Entourage anuncia turnê de Martin Garrix no Brasil

Astro holandês será acompanhado por Vintage Culture em quatro datas em novembro

Agora é oficial: a Entourage acaba de anunciar que Martin Garrix vem para o Brasil para quatro datas em novembro: São Paulo (14/11), Rio de Janeiro (15/11), Brasília (16/11) e Camboriú (17/11). Vintage Culture, como já sabíamos, será o convidado especial de Garrix nessas gigs.

Apesar de nenhum detalhe adicional ter sido revelado até o momento, sabemos que os shows em São Paulo e em Camboriú serão, respectivamente, no Anhembi e no Green Valley. Segundo a publicação da Entourage, na segunda-feira mais detalhes serão revelados, com direito a abertura das vendas dos ingressos.

+ Anhembi Parque anuncia show de Martin Garrix com Vintage, mas volta atrás