Mixar diretamente do Beatport já é uma realidade

Versão trial do Beatport Link compatível com rekordbox já está disponível ao público

Se você é DJ e um dia já sonhou em tocar qualquer música do Beatport sem precisar comprá-la individualmente, pode comemorar. Através do Beatport Link — apresentado ao público em maio deste ano —, o usuário pode navegar diretamente pelo software nas mais de seis milhões de faixas disponíveis na plataforma.

A funcionalidade está disponível numa versão teste de 30 dias para quem possui Mac e utiliza o software rekordbox, da Pioneer, permitindo assim a visualização e a mixagem da música completa sem a necessidade de adquirir a track. Já as versões pagas estão disponíveis como assinaturas mensais que variam entre 14,99 dólares (aproximadamente R$ 55,00, na cotação atual) e 59,99 dólares (aproximadamente R$ 230,00).

“Com nossa tecnologia, os DJs que utilizam laptops podem armazenar faixas off-line sem se preocupar com o Wi-Fi de algum club”, disse Robb McDaniels, CEO do Beatport. Na versão PRO, 50 faixas poderão ser armazenadas de forma offline, enquanto na versão PRO+, este número sobe para cem.

Em breve, Virtual DJ, Denon DJ e outros softwares devem se tornar compatíveis com o Beatport Link.

Segundo portais, Pioneer deve sair do mercado de hardware para DJs

A retirada representaria uma perda enorme para DJs do mundo todo

O mercado de hardware para DJs está prestes a sofrer uma mudança drástica: a gigante Pioneer, que domina a indústria, está de saída. A informação é do Resident Advisor, com base no portal de finanças japonês Nikkei Business.

As notícias dão conta de que a companhia está sofrendo problemas financeiros drásticos, mesmo controlando entre 60% e 70% do mercado mundial no que diz respeito a CDJs, mixers e similares.

“Depois de vender mais de 85% de sua subsidiária [Pioneer DJ] para a companhia de investimentos KKR & Co. em 2015, ambas as partes estão negociando transferir todas as ações para novos compradores, informa a Nikkei Business. A reportagem afirma que as licitações já começaram, com expectativa de arrecadar entre 60 bilhões e 70 bilhões de ienes, o que representa mais de US$ 500 milhões na cotação norte-americana [equivalente a quase R$ 2 bilhões]”, diz a notícia do RA. Se a venda for concretizada, significará o fim das atividades da Pioneer DJ.

“A Pioneer DJ, subsidiária criada durante a venda para a KKR & Co., vendeu mais de US$ 200 milhões em 2018 [aproximadamente R$ 800 milhões], apesar da empresa-mãe ter obtido prejuízo em 2016 e 2017. […] Apesar do domínio da Pioneer DJ, a Pioneer vem se reestruturando, e foi recentemente resgatada pela Baring Private Equity Asia, de Hong Kong, no valor de US$ 930 milhões [aproximadamente R$ 3,7 bilhões]. O Japan Times informa que o acordo envolveu a demissão de três mil funcionários, o que equivale a cerca de 15% da força de trabalho total da Pioneer”, segue o texto.

A eventual retirada da Pioneer DJ do mercado representaria uma perda enorme para os DJs do mundo todo, sobretudo os que tocam com CDJs — tecnologia em que a empresa nunca chegou a conhecer concorrente à altura. Nos resta ficar de olho e ver como essa situação vai se desenrolar.

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias sobre o mercado

Confira os vencedores do 32º International Dance Music Awards

Armin van Buuren foi o maior premiado

International Dance Music Awards revelou ontem (21) os vencedores da sua 32º edição, definidos através de voto popular, como de costume.

Armin van Buuren foi o grande vencedor, levando o prêmio de Melhor Artista Masculino (Mainstream) e ainda vendo tanto a Armada Music (Melhor Selo Global) quanto A State of Trance (Melhor Podcast/Radioshow e Melhor Evento) também sendo premiadas. Nervo levou pra casa o trófeu de Melhor Artista Feminino (Mainstream), enquanto Nina Kraviz ganhou o prêmio pelo lado underground — seu par masculino foi Carl Cox.

A DJ ANNA e os clubes Green Valley e Warung, que concorriam respectivamente a Melhor Artista Feminino (Underground) e Melhor Club (Global), ficaram mesmo só na indicação. A Ushuaia, de Ibiza, venceu como Melhor Club (Global), enquanto o Omnia, de Las Vegas, foi eleito o melhor clube dos EUA. “More Than You Know”, de Axwell e Ingrosso, ganhou como Melhor Música, enquanto Memories, Do Not Open, dos Chainsmokers, levou o prêmio de Melhor Álbum.

Alan Walker e Kygo também trazem estatuetas para casa — Melhor Artista Emergente e Melhor Performance/Live Act, respectivamente. O Ultra Music Festival, como era de se esperar, foi eleito o Melhor Festival.

Confira a lista completa:

Vencedores IDMA

LEIA TAMBÉM:

Ultra anuncia compra da Winter Music Conference

Três brasileiros concorrem ao IDMA 2018

Alok figura no primeiro Top 100 da Billboard Dance; confira o ranking completo

Confira todos os vencedores do primeiro Electronic Music Awards

Fãs gravam trechos da turnê brasileira de Armin van Buuren

Conheça a DDJ-1000, a mais nova controladora da Pioneer

Feito sob medida para atuar com o Rekordbox, o novo modelo é o que mais se assemelha a um kit de CDJs e mixer da empresa

A Pioneer anunciou para o final de janeiro a sua nova controladora, a DDJ-1000. O modelo possui o design e os atributos dos CDJs padrão em clubs ao redor do mundo, sendo um misto do layout já conhecido da série de controladoras DDJ com os padrões da linha CDJ e DJM. Assim, se trata da controladora da Pioneer mais similar a um par de CDJs com mixer.

Feita para casar com o software de discotecagem da Pioneer, o Rekordbox (cuja nova versão já está disponível para download), a controller tem como uma das principais novidades um display no centro dos jog wheels que traz os dados gerais da faixa — BPM, tempo, desenho da onda de som, posições de loop, hot cues etc. —, permitindo que o DJ se concentre mais diretamente no próprio jog. Além disso, o refinamento dos jogs e do magvel fader permite realizar scratchs mais precisos.

A DDJ-1000 possui quatro entradas para maior versatilidade, podendo ser conectada a CDJs, toca-discos ou um mixer, entre outras possibilidades. Na controladora também virão efeitos novos, como Enigma Jet, Mobius Saw, Mobius Triangle e Low Cut Echo, aumentando ainda mais o arsenal do DJ para conduzir a pista.

+ CLIQUE AQUI para ler mais notícias sobre tecnologia

O novo modelo deve entrar à venda na Europa ainda neste mês, por $1.466 (algo em torno de R$ 4.700). Você pode conferir o site oficial da Pioneer para mais informações.

LEIA TAMBÉM:

Pioneer DJ lança edição limitada de CDJ e mixer

Pioneer lança atualização do Rekordbox e anuncia controladora DDJ-XP1

Nova controladora MIDI do futuro? Conheça o OTO

Assista a documentário que explora a saúde mental de grandes DJs

“Why We DJ — Slaves to the Rhythm” traz depoimentos de astros como Carl Cox, Erick Morillo, Pete Tong e Seth Troxler

Em parceria com a Pioneer DJ, o vlog DJsounds recentemente lançou o documentário Why We DJ — Slaves To The Rhythm, que mostra o lado da vida de DJ que muitos não enxergam. Por trás de muita dança, alegria, energia e de todo o glamour dos grandes clubes, os artistas passam por situações de muita solidão e questionamento, graças a um lifestyle muito acelerado, e por muitas vezes, desregrado.

Com cerca de 40 minutos, o filme debutado no último ADE traz relatos de Luciano, Seth Troxler, Carl Cox, Pete Tong, Ben Pearce — que cancelou todas suas gigs de 2016 para lutar contra a depressão —, Erick Morillo e B.Traits, que revelam como a sequência de turnês, a constante troca de fuso horário e os momentos de solidão podem ser os ingredientes perfeitos para a depressão ou para vícios variados. Além deles, psicólogos e outros profissionais da indústria também dão sua visão sobre o tema.

Morillo, por exemplo, contou que quando decidiu dar uma pausa em sua carreira e relaxar um pouco em Miami, viu a ascensão de novos nomes e começou a se sentir deixado para trás. Somente com terapia ele descobriu que deveria engolir seu ego e se tornar mais humilde, pois a competição egocêntrica estava fazendo mal à sua saúde.

+ O DJ de techno Ben Pearce é mais um músico a revelar a gravidade da depressão

O documentário também retrata o lado introvertido de muitos artistas, em contraponto a uma carreira agitada e ao estereótipo do DJ como uma pessoa altamente sociável e extrovertida. Muitas vezes se sai de uma gig para milhares de pessoas para encarar na sequência um voo de dez horas sem nenhuma companhia, o que gera contrastes muito intensos.

+ Estudo revela que músicos são bastante propensos a ansiedade e depressão

Apesar de muito trabalho e cansaço, os DJs são unânimes em descrever com alegria a sensação de fazer uma pista ir à loucura ou de saber que o seu set transformou a noite de alguém em uma lembrança única. Definitivamente, trata-se de uma profissão de extremos, e com exigências que nem todos aguentariam.

Assista ao filme:

LEIA TAMBÉM:

Major Lazer lança neste mês documentário sobre juventude cubana

Above & Beyond anuncia documentário para 2018

Teaser de documentário tem Garrix, Guetta, Angello, Troxler e Oakenfold

Seth Troxler, Pete Tong e Loco Dice falam sobre cena underground; assista!

O Seth Troxler profanou o Templo com um loop de funk; queimem o herege!

Pioneer DJ lança edição limitada de CDJ e mixer

Depois de lançar o Rekordbox 5.0 e anunciar a controladora DDJ-XP1, a Pioneer apresentou mais uma novidade: edições limitadas em cor branca do mixer DJM-900NXS2 e do CDJ-2000NXS2.

Ao total serão 1800 unidades, sendo 1000 CDJs e 500 mixers vendidos na Europa, enquanto nos Estados Unidos estarão disponíveis 200 e 100 cópias, respectivamente. Nenhuma troca nas funcionalidades foi prevista para essa edição — a única mudança fica mesmo por conta da troca de cor.

O lançamento deve acontecer no início de outubro, com cada item custando 2399 euros.

CONFIRA TAMBÉM:

Pioneer lança atualização do Rekordbox e anuncia controladora DDJ-XP1

Confira o novo setup da Pioneer dedicado aos grandes festivais

Nova controladora MIDI do futuro? Conheça o OTO

Pioneer lança atualização do Rekordbox e anuncia controladora DDJ-XP1

A Pioneer DJ lançou a versão 5.0 do Rekordbox, software que auxilia no preparo de sets ao redor do mundo, com funções como marcar o ponto inicial da música e a criação de playlists — tudo para facilitar e modernizar a vida dos DJs.

+ Pioneer lança fone que permite recarregar iPhone 7 enquanto você escuta música

Na nova versão, as funções de importação e exportação foram atualizadas, e agora também as playlists podem ser importadas via USB ou cartão SD, bem como a nova possibilidade de carregar faixas de um cartão de memória para qualquer computador. Assim, caso você perca seu HD, ainda pode restaurar sua biblioteca do Rekordbox intacta. A nova interface busca ser mais intuitiva e também fazer uma análise mais avançada do áudio.

Já a nova controladora, a DDJ-XP1, tem uma cara diferente do que você pode imaginar de uma controladora para DJs, mas a opção aqui é substituir a jog wheel por 16 pads, e também trazer muitas opções de efeitos e seleção de loops. A nova máquina visa auxiliar DJ sets e estará disponível no final de setembro, por $249.

CONFIRA TAMBÉM:

Nova controladora MIDI do futuro? Conheça o OTO

Este aplicativo permite a criação de músicas através da voz

Novo app permite controlar o Ableton Live em realidade virtual

Pioneer lança fone que permite recarregar iPhone 7 enquanto você escuta música

Um fone de ouvido que promete acabar com a aflição de quem adquiriu o iPhone 7 e iPhone 7 Plus, que teve a eliminação da entrada P2 (exclusiva para fones de ouvido); esse é o novo modelo de acessório da Pioneer, chamado Rayz Plus.

Um articulador que permite carregar o celular enquanto ouve música, o acessório conta com um dispositivo em seu cabo (veja a imagem abaixo), para que seja conectado o carregador de bateria.

Além da tecnologia citada acima, o fone conta com seis microfones, que fazem leituras do ouvido para melhorar a experiência de som; possui recurso que pausa a música quando o acessório é removido das orelhas; e possibilita controlar o EQ do celular, além de fazer coisas como abrir algum aplicativo.

Uma novidade que está entrando no mercado este ano, Rayz varia entre 99 e 149 dólares, ou seja, cerca de 300 a 500 reais.


Aproveite e ouça a nossa playlist exclusiva com as Melhores do Verão:


 

Mixed In Key pede o apoio dos usuários por suporte da Pioneer

Os DJs o conhecem muito bem. Um software de enorme valia, que tem o poder identificar o tom de uma track e atualizar automaticamente diversas informações importantes diretamente no arquivo da música, como BPM e Energia. Recentemente, o Mixed In Key ainda lançou uma nova versão que permite a criação de cue points em trechos estratégicos da faixa. Sem dúvida um dos softwares mais úteis na vida dos DJs está agora precisando da retribuição por todos os grandes serviços prestados.

A produtora homônima do software recorreu ao Facebook para pedir a ajuda dos usuários do produto. A intenção da fabricante é angariar apoio à uma petição que pede a Pioneer, fabricante da enorme maioria dos CDJs utilizados mundo afora, que permita a existência de um mecanismo de importação das informações do Mixed In Key diretamente para o  software rekordbox e os CDJs. Não se sabe se a Mixed In Key tentou em primeiro lugar um contato direto com a Pioneer, mas o mais provável é que a investida tenha acontecido e fracassado, levando a empresa a pedir o apoio do público.

Não parecem haver motivos lógicos para a recusa da Pioneer e com a petição tendo conseguido até este momento quase 14 mil curtidas no Facebook, a expectativa dos DJs e usuários do Mixed In Key e dos produtos Pioneer é de que o acordo seja selado em breve. O Mixed In Key é um programa que facilita de maneira incrível o trabalho e a organização dos DJs, muitos dos quais realizam suas performances utilizando CDJs Pioneer e/ou rekordbox.

A integração entre os dois sistemas, como já acontece entre o MIK e os dois principais softwares de mixagem, Traktor e Serato, por exemplo, será mais um grande facilitador para esta relação. A torcida dos DJs é para que a Pioneer dê logo o braço a torcer e forneça à Mixed In Key a tão desejada integração com seus produtos.

PETITION! We need help convincing Pioneer that Mixed In Key and CDJs make a great match. Please click LIKE if you think…

Posted by Mixed In Key DJ Software (Harmonic Mixing) on Tuesday, July 14, 2015