Techno Prank

Grande hit de 2019 foi recusado por DJs antes de ganhar o Brasil

Os Dubdogz contam à Phouse a história por trás de "Techno Prank", lançamento de junho da HUB Records

Passar da marca de um milhão de plays em menos de um mês de lançamento é um belíssimo indicador de um potencial hit. “Techno Prank”, do duo Dubdogz, já possui 1,3 milhões de streams no Spotify (até o fechamento desta matéria), e rompeu barreiras ao entrar nos virais de seis países que, além do Brasil, incluem Alemanha e Portugal.

A track, lançada dia 07 de junho pela HUB Records, entrou em algumas das maiores playlists eletrônicas da plataforma, como Dance Rising, Main Stage e Dance Paradise, além da prestigiada mint br. No YouTube, o videoclipe oficial deve atingir a marca de um milhão de views nos próximos dias. O seu sucesso, no entanto, deve ter surpreendido muita gente.

“Por ser do Dubdogz e ter uma sonoridade atual, já esperávamos que o lançamento seria um sucesso. Mesmo assim, foi uma grande surpresa ver a música entrando de imediato em tantas playlists oficiais do Spotify, além de subir rapidamente para a posição #1 do Top 10 do perfil do duo no Spotify. Tenho certeza que já é um dos grandes hits de 2019”, comentou Felippe Senne, manager e A&R da HUB, em contato com a Phouse.

+ Brazilian bass made in Russia? Swanky Tunes explica reverência ao som brasileiro

Se ter resultados expressivos no streaming é bem desafiador, performar igualmente bem nas pistas é a configuração de um verdadeiro sucesso. “Techno Prank” caiu nas graças do público e é, atualmente, uma das músicas mais quentes do cenário eletrônico nacional mainstream. Seus mais de 11 mil shazams não deixam mentir, e os incontáveis “video-drops” no Instagram do Dubdogz também não.

Com uma sonoridade incomum e vocal irreverente, a música é mais uma prova de que fazer coisas diferentes podem, sim, dar certo. O que poucos sabem é que a dupla pretendia lançar a música em conjunto com outros grandes projetos, mas não teve aceitação dos DJs que foram convidados a colaborar.

“Quando estávamos no processo de produção, enviamos a ideia para alguns DJs com intuito de fazer uma collab, e todos passaram! Nenhum deles demonstrou interesse na música. Então resolvemos terminar e lançar como um single do Dubdogz, deu tudo certo! Estamos muito felizes e surpreendidos com os números que ela vem alcançando. Se você, produtor, acredita numa música, vá até o fim, mesmo que te digam o contrário”, comentou Lucas Schmidt.

Os irmãos também nos revelaram outra curiosidade: a “Techno Prank” foi extremamente fácil de se produzir. “A faixa é uma das provas de que menos é mais; o processo de produção dela foi muito simples. Em breve, vamos lançar uma masterclass explicando o passo a passo nas redes da HUB Records”, acrescentou Marcos Schmidt.

  • Patrocinado: Clique aqui para inscrever-se no Burn Residency 2019 e ter a oportunidade de alavancar a sua carreira.
Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer ganhar 23 mil reais para montar o estúdio dos seus sonhos?

Se você é DJ e produtor musical não perca essa oportunidade.
Inscreva-se gratuitamente no Burn Residency 2019.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS