AREA-217-Techno-Festival-capa

Um grande festival de techno em uma base militar; conheça o Area 217

Construída para Segunda Guerra, a base da Forca Aérea Francesa já teve a maior pista da Europa, e agora recebe mais de cem nomes, como Dave Clarke, Marc Romboy e Ben Sims.

Um festival de techno numa base militar. É disso que trata o Area 217, que desembarca na pista de Bretigny-sur-Orge, uma base no interior da Força Aérea Francesa, localizada ao sul de Paris, no departamento de Essonne. O evento ocorre entre 30 de junho e 2 de julho e, apesar de ser anunciado como um festival focado em techno, ele ainda receberá diversos outros estilos como house, bass, hardcore e psytrance. Mais de cem artistas compartilharão do gigantesco espaço que será dividido em seis áreas — o asfalto da base militar BA217 e seus setenta mil metros quadrados se transformarão em um playground para os 25 mil ravers esperados pela organização. O evento conta com espaço para camping, estacionamento para cinco mil veículos e capacidade para até trinta mil pessoas.

Construída em 1938, a base francesa foi tomada pelo exército alemão na Segunda Guerra Mundial. Durante a ocupação, os soldados nazistas realizaram a primeira infraestrutura para aviação, incluindo duas faixas mais curtas de concreto que ainda são visíveis hoje. Constituindo um alvo estratégico, a base foi severamente bombardeada pelos aliados. Após o término da guerra, em 1949, foi reconstruída, tornando-se a maior pista da Europa, com três mil metros de comprimento e cem metros de largura. O local se tornou um trampolim de aviadores importantes no desenvolvimento da aviação mundial, como René Leduc, Constantin Rozanoff, Maryse Bastie e Jacqueline Auriol.

Em 2011, o General Jean-Paul Paloméros, Chefe do Estado Maior da Força Aérea, dissolveu a base militar. Atualmente, a área é usada especialmente em treinamentos militares do exército para os desfiles de 14 de julho, feriado que marca o início da Revolução Francesa.

Observando o lineup é possível identificar a maioria dos artistas como alternativos ao grande cenário global — alguns nomes mais consagrados serão Dave Clarke, Marc Romboy, Ben Sims, Cosmic Boys, Adana Twins, DOP live, Marcel Flenger e X-Noize.

Você pode conferir mais detalhes aqui.

Jonas Fachi é colunista na Phouse; leia mais de seus textos.

LEIA TAMBÉM:

+ Depois de sofrer acidente de carro, o “Barão do Techno” Dave Clarke já está de volta à ativa

+ Novo projeto de Carl Craig ajuda a diluir a resistência popular ao techno

+ Fundador do Warung: Sou um clubber forçado a ser empresário para lutar pelo direito de realizar eventos”

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS