Vegas

Com “Meditatiohm”, Vegas inicia décimo ano de sua carreira

O expoente brazuca do cenário psytrance fará turnê especial para comemorar sua trajetória de dez anos

Vegas no festival Mundo Psicodélico. Foto: Leandro Quartiermeister/Divulgação

Nesta terça-feira, 10, o expoente do psytrance brasileiro Vegas lançou sua primeira track do ano: “Meditatiohm”. O som e o momento do release são especiais, já que em 2020, o DJ está celebrando dez anos de carreira.

A track já vinha sendo testada nas pistas — é, inclusive, a que abriu o seu set no Universo Paralello (veja abaixo) — e, depois de alguns ajustes, saiu hoje nas plataformas digitais pela gravadora israelense X7M Records.

“A primeira vez que toquei ela, senti que a track teria potencial. Ela funcionou exatamente do jeito que eu imaginei, com uma atmosfera mística e ao mesmo tempo dançante. Estou há alguns meses testando ela nas pistas e fazendo pequenos ajustes. Agora está 100%”, declarou o produtor catarinense, através de um comunicado para a imprensa.

De acordo com o texto, o single foi inspirado pela primeira turnê de Vegas na terra do psytrance — a Índia. “Apesar de já ser algo meio clichê do psytrance e eu também já ter algo com o mesmo tema, senti que poderia ser algo especial, aproveitando a energia daquela tour”, explicou.

Apresentação de Vegas na primeira manhã de 2020, no Universo Paralello; vídeo já tem mais de 180 mil visualizações

“Visitando templos hindus, senti uma energia que nunca tinha sentido antes. Passei a tarde no hotel pesquisando sobre mantras indianos e acabei encontrando o que foi usado na ‘Meditatiohm’”, continuou. “Fui testando texturas que não tinha usado antes em minhas produções, como emuladores do famoso TB-303, que trazem timbres ácidos à composição”, complementou o artista, que realiza suas produções no Cubase 9.5.

Vegas também anunciou que uma turnê especial está a caminho, para celebrar a marca de uma década como DJ e produtor. Nenhuma data foi revelada até o momento, mas shows no Brasil e no exterior estão nos planos. “Vou precisar no mínimo de três horas de set time”, disse, revelando que a ideia é contar a sua história em “sets bem construídos e especiais”.

LEIA TAMBÉM:

SIGA A PHOUSE:
INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS