Vinil

Vendas de vinil devem superar CDs pela 1ª vez em mais de 30 anos nos EUA

O nicho, nostálgico e apreciador da alta qualidade de som, tem crescido em uma indústria dominada pelo streaming

Um balanço da RIAA (Associação Americana da Indústria de Gravação) divulgado na última quinta-feira indicou que, em um futuro próximo, as arrecadações com vendas de discos de vinil devem superar as de CDs nos Estados Unidos, o que não acontece desde 1986.

O estudo revelou que no primeiro semestre deste ano foram comercializadas 8,6 milhões de unidades de vinis, que geraram 224,1 milhões de dólares (aproximadamente R$ 920 milhões, na cotação atual). Já a comercialização de CDs gerou 247,9 milhões de dólares (aproximadamente um bilhão de reais) por 18,6 milhões de exemplares vendidos.

O mercado do vinil vem tendo um crescimento significativo. Ainda de acordo com os dados da RIAA, o setor teve um aumento de 12,9% nas vendas no último ano, enquanto o comércio de CDs tem caído vertiginosamente.

Apesar dos números expressivos, as vendas físicas já não são mais tão relevantes quanto outrora. As plataformas de streaming são quem dominam a indústria nessa era, sendo responsável por 80% dos lucros.

LEIA TAMBÉM:

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

Quer aprender a produzir a sua própria música?

Compre agora o curso Make Music Now com 10% de desconto na inscrição e soundbank do Studio Tronnic para Sylenth1 grátis!.

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS