Vintage Culture no Burning Man

Rádio do Tomorrowland coloca Vintage Culture entre os 20 DJs a se ficar de olho em 2020

Lista também conta com nomes como Illenium, Magnificence, Morten e Regarten

A One World Radio, rádio web do Tomorrowland, lançou na última semana um show especial, em que selecionou 20 DJs e produtores emergentes de todo o mundo para ficar de olho ao longo desta temporada. Na seleção, em meio a nomes como Illenium, Magnificence, MORTEN e Regarten, também temos um brazuca: Vintage Culture

Apesar de já ser um dos principais artistas da cena brasileira, o projeto de Lukas Ruiz ainda tem muito a crescer no mercado internacional. No apagar das luzes de 2019, dia 27 de dezembro, a plataforma também havia lançado um Friendship Mix que trazia Vintage como protagonista (ouça ao final desta publicação).

“Ninguém pode prever o futuro, mas existem alguns artistas com tanto potencial que seu sucesso parece predestinado”, afirmou a One World Radio em comunicado à imprensa. O programa The 20 of 2020 está disponível no site e no aplicativo da One World Radio com “a próxima safra de futuras estrelas a serem observadas”. 

Veja abaixo a lista completa, com tradução da Phouse:

Aevion:

O piloto solo por trás de uma série de tracks influentes que incendiaram as pistas no Tomorrowland, em Ibiza e em muitos outros lugares ao redor do mundo. Aevion, nascido em Londres, provou que pode dominar qualquer gênero, da tropical house à EDM.

Angelov:

DJ e produtor ucraniano que teve tracks tocadas por Solomun em vários sets ao redor do mundo, criando uma agitação nas mídias sociais para o jovem artista.

BEC:

DJ e produtora de Berlim, nascida em Brighton, que se tornou uma das favoritas do público nos clubes e na elite da indústria com seu carisma contagiante e um som nitidamente distinto, abrangendo os vastos espaços do techno.

Camille Luciani:

Do minimal ao épico, da música clássica à eletrônica, o som do francês Camille explora possibilidades que vão além de gêneros, em direção a emoções e caminhos distintos.

Cellini:

Um artista belga com fortes raízes italianas. Ele exerce uma gama extremamente ampla de sons poderosos; às vezes profundo e emocional, mas às vezes poderoso e deslumbrado. Uma mistura harmônica entre sons perdidos e batidas marcantes são a receita para as produções de Cellini.

Erly Tepshi:

Nascido em Tirana [capital da Albânia], atualmente morando na Itália. Seu som é inspirado na nova onda de música eletrônica, profunda, emocional e cheia de vibração. Pads atmosféricos e sintetizadores com baixos quentes caracterizam suas produções.

Goom Gum:

Uma dupla russa de DJs e produtores de São Petersburgo, trazendo uma mistura de techno melódico e house progressivo.

Illenium:

Produtor e DJ com base em Denver, que traz sentimentalismo e melodias ao dubstep e ao trap. Ele conquistou o coração dos aficionados por dance music em todo o mundo através de seus remixes cativantes e produções originais fascinantes — realmente, um dos melhores produtores do momento.

Magnificence:

A versatilidade interminável da música vem na forma da dupla holandesa de DJs/produtores Magnificence, que está mudando a house music como a conhecemos. Seu som é o mais diversificado possível, indo de cantos tribais ao deep house — esta dupla está em uma via rápida para obter grande sucesso.

Matt Sassari:

Considerado relativamente novo na cena, o DJ e produtor de Marselha, Matt Sassari, provou sua força no estúdio e por trás dos decks com sua mistura única de techno e tech house.

Maxim Lany:

DJ e produtor belga e uma figura bem conhecida no cenário da música eletrônica local, Maxim Lany criou seu próprio som aclamado nos últimos anos.

MORTEN:

Um dos melhores DJs da Dinamarca, MORTEN não é estranho aos holofotes. Caracterizado por sua visão eclética sobre o electro house e dubstep, ele recentemente se mudou para o centro criativo de Los Angeles em sua busca pelo sucesso nos Estados Unidos.

Osrin:

Produtor e músico da Suécia com apenas 19 anos, é apoiado por Martin Garrix e assinou com a STMPD RCRDS.

PAX:

Desde o seu início, em 2014, a dupla de DJs e produtores de house e techno do Reino Unido, Aaron Taylor e Charles Robinson, vem produzindo ondas visíveis no cenário da dance music underground como PAX.

R Plus:

Nos últimos meses, fomos conduzidos por uma estrada empolgante elusiva com os primeiros singles do álbum The Last Summer, que foram lançados sem revelar a identidade dos seus criadores. Agora, foi descoberto que o membro do Faithless, Rollo Armstrong, e a cantora Dido formam o R Plus.

Redfield:

Músico com formação clássica, Redfield é novo no selo Axtone, de Axwell. Sua faixa, “Don’t Worry”, foi lançada em uma nova versão com o “Axwell Cut”, e marca sua chegada com algo especial que parece deixar um legado duradouro nos 14 anos de história da gravadora.

Regard:

DJ do Kosovo que é amplamente conhecido por seu nome profissional, Regard. Ele iniciou sua carreira na EDM em 2008; depois, migrou para o deep house. Em 2019, o auge do sucesso depois que seu disco Ride It se tornou viral — Regard está pronto para assumir a cena global.

Route 94:

Um dos jovens talentos mais empolgantes e versáteis do Reino Unido, Route 94 cultiva seu som há dez anos, começando a entender de produção musical aos 13 anos de idade. Agora, ainda aos 23, a sua história está começando a se desenvolver.

SWACQ:

Um artista multitalentoso, DJ, produtor e influenciador, que não deixa nenhum gênero intocado. Do electro e da bass house com influências do trap a tracks eufóricas de festivais, esse homem faz tudo.

Vintage Culture:

Quando se trata de dance music, existem poucas estrelas maiores no Brasil do que Vintage Culture, conhecido por ser pioneiro em seu gênero, onde ele se dedicou a criar uma marca única que mescla influências pop retrô com um deep house moderno.

LEIA TAMBÉM:

SIGA A PHOUSE:
INSTAGRAM | TWITTER | FACEBOOK | SPOTIFY

Share on facebook
Compartilhar no Facebook
Share on twitter
Compartilhar no Twitter
Share on whatsapp
Enviar no Whatsapp

RECEBA NOVIDADES

ÚLTIMAS NOTÍCIAS